tce janeiro
Menu
quinta, 27 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Polícia

'Deus dê o conforto': PRF lamenta morte de policial que bateu em esposa e atirou

Ele foi encontrado morto na tarde de ontem, em Campo Grande

29 novembro 2021 - 07h35Por Dany Nascimento

A Polícia Rodoviária Federal emitiu uma nota de pesar pela morte do policial Tony Moretto, 48 anos, encontrado morto em uma estrada de chão, na tarde de ontem (28), na região das Moreninhas, em Campo Grande.

De acordo com a nota, Moretto ingressou na Polícia Rodoviária Federal no ano de 2006 e atuava na Delegacia de Guia Lopes da Laguna. 

Ele era chefe do setor de tecnologia e informática e também atuava como instrutor de armamento e tiro. 

O policial deixa uma filha. 

“Manifestamos solidariedade e destinamos nosso sincero desejo de que Deus dê o conforto aos familiares, amigos e colegas neste momento de luto”, diz a nota. 

Por enquanto o caso é tratado como suicídio. O policial era acusado de agressão e tentativa de homicídio contra a ex-mulher de 32 anos. 

O caso

O PRF invadiu um motel na Avenida Cônsul Assaf Trad, em Campo Grande, na tarde de sexta-feira (26).

Alegando traição, ele espancou a ex-mulher e atirou contra um personal trainer, de 35 anos, que foi atingido na boca.

O casal foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e o suspeito fugiu. O personal passou por procedimento cirúrgico e segue internado em recuperação.