Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
Polícia

Quadrilha é presa no Nova Lima com droga que seria enviada para Sul e Nordeste do País

Quase 400 quilos de maconha foram apreendidos; grupo já respondia por tráfico

16 janeiro 2020 - 12h49Por Nathalia Pelzl e Willian Leite

Quatro pessoas foram presas nesta quarta-feira (15) pelo crime de tráfico e associação ao tráfico no bairro Nova Lima, em Campo Grande.

O grupo usava uma casa no bairro para fazer depósito de drogas, onde quase meia tonelada foi encontrada.

Além disso, outras 3 pessoas, entre elas um preso da Máxima, responsável por coordenar o grupo, também estariam envolvidas.

No local, policiais da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) encontraram quase 400 kg de maconha, sendo que 200 kg da droga seriam encaminhados para Recife e Santa Catarina.

Conforme informações do delegado Hoffman D´Avila, o flagrante foi realizado em parceria com a Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira) e a equipe já investigava a quadrilha há 15 dias.

Ainda conforme o delegado, a droga que seria transportada em aviões estava em caixas de ferro. Quando a polícia chegou ao local o soldador, responsável pela confecção das caixas, havia acabado de sair.

Os envolvidos, sendo dois homens e duas mulheres, com idades entre 27 e 39 anos, respondiam em liberdade pelo crime de tráfico de drogas. 

Segundo Hoffman, o quilo da maconha em Campo Grande custa R$ 300, sendo assim, a droga que sairia da Capital, renderia cerca de R$ 118 mil aos traficantes.