tjms 18/01 a21/01/2021
Menu
terça, 19 de janeiro de 2021
Covid 18/01 a 24/01
Polícia

Vídeo: presos comemoram morte de JP na Gameleira

“Opressor maldito, vai para o inferno desgraçado”, estão entre as frases dos detentos; veja

30 novembro 2020 - 15h00Por Nathalia Pelzl e Willian Leite

Juliano Pereira, 42 anos, executado em frente a Gameleira, em Campo Grande, na manhã de hoje (30), teve sua morte comemorada por outros detentos. 

O atirador estava em uma moto vermelha e efetuou, ao menos, 12 disparos contra Juliano, que estava saindo para trabalho externo. Juliano morreu com tiros no tórax, cabeça e braços.

Nas imagens recebidas, os detentos filmaram o corpo e comemoraram a execução. “Opressor maldito, vai para o inferno desgraçado”.

Juliano tinha passagens por tráfico, roubo e homicídio. Ele era apontado como principal suspeito da execução da ex-mulher e da irmã dela, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. Às duas foram decapitadas e encontradas carbonizadas em uma caminhonete na fronteira. 

JP havia sido condenado a 22 anos de prisão.