Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Polícia

'Você foi luz onde passou irmão', dizem amigos de cabo morto após acidente

Ele era conhecido entre os amigos pelo apelido de Jota

12 agosto 2020 - 08h09Por Dany Nascimento

Amigos e familiares estão em estado de choque com a notícia da morte do cabo do Exército Jefferson Ferreira dos Santos, 25 anos, após um grave acidente na tarde de ontem (11), em Campo Grande. Ele dirigia um veículo Pálio pela BR 163, sentido bairro Noroeste, quando foi atingido de frente por um caminhão-baú.

Jefferson foi levado em estado gravíssimo para a Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. As redes sociais amanheceram recheadas de mensagens com homenagens para Jota, como era conhecido entre os amigos.

“Desde que perdi minha irmã, carrego uma pergunta que eu creio que não tem resposta: por que as pessoas boas partem tão cedo? Às vezes a luz que brilha mais é a que apaga primeiro? Pode ser. E hoje você nos deixa camarada, que Deus te receba de braços abertos e que você encontre a paz. Ficará sempre as brincadeiras no alojamento na memória, as vezes que compartilhamos a água do cantil no CFC. Hoje você se torna um anjo irmão”, escreveu Natã Oliveira.

“Jotinha era extraordinário, sempre paciente calmo, e quando zoava era pra valer. É parece que aquela coca vai ficar para depois irmão”, publicou Felipe Piemonte.

“Combateu o bom combate, acabou sua carreira e guardou a fé. Você foi luz onde passou irmão! Cumpriu sua missão”, postou Felipe Piemonte.

Leia Também

Rapaz é baleado enquanto caminha no Alves Pereira
Polícia
Rapaz é baleado enquanto caminha no Alves Pereira
Sextou sem chuva: tempo seco predomina e MS continua com calor intenso
Cidades
Sextou sem chuva: tempo seco predomina e MS continua com calor intenso
Família fazia apelo para Elias largar mulher com histórico de agressividade
Cidades
Família fazia apelo para Elias largar mulher com histórico de agressividade
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'
Geral
Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'