Menu
Busca quinta, 02 de julho de 2020
MS DIGITAL - COMPET
Política

Advogado de Olarte se reúne com vereadores para oficializar renúncia

A defesa chegou antes das 8 horas na Casa de Leis e participa de reunião na presidência

08 setembro 2016 - 09h41Por Dany Nascimento e Rodson Willyams

O advogado de defesa do prefeito afastado Gilmar Olarte, Jail Azambuja chegou na Câmara Municipal por volta das 7h50, com a carta que deve formalizar o pedido de renúncia de seu cliente, tanto como prefeito, como de vice-prefeito.

De acordo com a assessoria de comunicação da Casa de Leis, a carta será lida antes do início da sessão ordinária desta quinta-feira (8) e os vereadores já teriam sido avisados do fato. Jail está reunido com a Procuradoria da Casa, o presidente vereador João Rocha (PSDB), vereador Flávio César (PSDB) e Carlão (PSB).

Gilmar Olarte, que continua preso no Presídio de Trânsito, teria assinado o documento ontem (6), mas a carta estaria pronta há 15 dias.  Na carta, consta a seguinte informação: "Gilmar Antunes Olarte, vem, respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, Renunciar, para todos os fins de direito, ao mandato para o qual foi eleito no ano de 2012, e vice-prefeito e, por consequência, ao de Prefeito, no qual tomou posse no dia 13 de março de 2014, por força da cassação do então prefeito eleito. Campo Grande (MS) 6 de setembro de 2016".

O advogado João Carlos Veiga, que também atua na defesa de Gilmar teria afirmado ao TopMídiaNews que existia a possibilidade de renúncia e que desta forma, o processo que tramita no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul voltaria para a 1ª Instância.

 

 

 

Leia Também

Motociclista sofre batida violenta e fica em estado grave na Vila Palmira
Cidade Morena
Motociclista sofre batida violenta e fica em estado grave na Vila Palmira
Idoso de 67 anos é a primeira vítima fatal da covid-19 em Coxim
Cidades
Idoso de 67 anos é a primeira vítima fatal da covid-19 em Coxim
Manta de casal a R$ 30 ou R$ 300: preço de produtos de inverno varia até 897% na Capital
Economia
Manta de casal a R$ 30 ou R$ 300: preço de produtos de inverno varia até 897% na Capital
Se desrespeito com toque de recolher continuar, medidas radicais serão tomadas, garante prefeito
Cidade Morena
Se desrespeito com toque de recolher continuar, medidas radicais serão tomadas, garante prefeito