(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Ao receber honraria do Exército, Reinaldo Azambuja destaca presença federal na fronteira

Governador está otimista com possível reforço em áreas próximo a Paraguai e Bolívia

28 OUT 2016
Thiago de Souza e Airton Raes
20h50min
Reinaldo Azambuja é homenageado pelo CMO

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB), foi condecorado, na tarde desta sexta-feira (28), com a medalha da Ordem do Mérito Militar, no Comando Militar do Oeste, em Campo Grande. Na saída, o governador destacou, mais uma vez da União, a importância da presença de tropas federais nas fronteiras com Paraguai e Bolívia. 

A medalha é condedida, segundo o Exército, àqueles que tenham prestado serviços notáveis ao País. A solenidade foi alusiva aos 31 anos do CMO. Na ocasião, o Governo do Estado recebeu três caminhões do Exército. 

''Essa doação mostra parceria do Comando Militar do Oeste com as forças de segurança do Estado. Complementa apoio, principalmente ao Batalhão de Choque de Mato Grosso do Sul que deve utilizar os veículos para distribuir tropa em lugares de difícil acesso'', disse o governador. 

''A gente agradece o reconhecimento da presidência da República que aprovou a indicação do Exército para que eu fosse homenageado com essa comenda'', agradeceu o tucano. 

Questionado sobre a possibilidade do governo Federal enviar tropas para a região de fronteira, o governador disse que a lógica que o ministro da Justiça quer dar no plano de segurança nacional, inclui as fronteiras, e disse estar satisfeito com o possível auxílio da União na segurança dos Estados.  

''Os núcleos  de inteligência de fronteira são fundamentais, principalmente para a gente fortalecer a fronteira do Brasil com Paraguai e Bolivia. Existe essa  possibilidade de um fortalecimento de um contingente maior nas fronteiras e  isso daria uma condição melhor nessa vigilância integrada que nós devemos fazer juntos aqui na fronteira, principalmente com a Bolivia e o Paraguai'', destacou.   

 

Veja também