TCE JUNHO 2022
PREF MARACAJU JUNHO REFIS 2022
Menu
quarta, 29 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
Política

APROVADO: quem for pego soltando pipa com cerol será multado em Campo Grande

Lei aprovada hoje na Câmara proíbe o uso de materiais cortantes em linhas

12 maio 2020 - 11h40Por Rayani Santa Cruz

Nesta terça-feira (12), em regime de urgência foi aprovada a proposta que proíbe as pessoas a utilizarem linha de cerol ou linha chilena em pipas. A Guarda Civil Metropolitana abordou este mês 580, pessoas na cidade, e recolheu os materiais.
Na Capital, as multas variam de R$ 200 a R$ 1 mil para quem for flagrado.

Os vereadores aprovaram o projeto de lei complementar 647/19, dos vereadores André Salineiro, Delegado Wellington e Enfermeira Cida Amaral, que altera a lei complementar nº 116/08, que foi modificada pela lei 287/16, que dispõe sobre a proibição da utilização de cerol ou qualquer outro tipo de material cortante nas linhas de pipas ou similares em Campo Grande.  

O vereador André Salineiro (Avante) apresentou também outro projeto de lei que aumenta em cinco vezes a multa para quem fazer o uso. A lei visa aumentar a multa de R$ 1 mil a R$ 5 mil para quem vender e de R$ 200 para R$ 1 mil para quem soltar pipas com a linha. 

“Estamos com problema sério. O cerol, mata, mutila e as pessoas devem ter consciência dessa problemática”, disse o vereador Wellington (PSDB). 

O vereador doutor Lívio (PSDB) que também é motociclista ponderou sobre o empenho nas fiscalizações de comércios para que sejam proibidos de vender a linha chilena.