Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Política

Ben Hur acredita que continuará no comando da Secretaria de Finanças

Tudo igual

05 novembro 2013 - 13h50Por Juliene Katayama

O secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento da Prefeitura de Campo Grande, Wanderlei Ben Hur, afirmou na manhã de hoje (05), estar tranquilo quanto ao pedido de afastamento solicitado pela Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal após a conclusão do relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Ben Hur disse que está à disposição do prefeito, mas que não há nenhum fato concreto que resulte no seu afastamento. Conforme o parecer do TCE, a prefeitura fez remanejamento de R$ 50 milhões que ultrapassou o limite de 5% permitido ao Executivo sem autorização do Legislativo.

"Então todos estão fazendo nos moldes da Corte", afirmou Ben Hur. O secretário ressaltou que o TCE vai instituir uma nova Comissão Técnica que irá elaborar um projeto de Instrução Normativa com objetivo de disciplinar e orientar na elaboração das respectivas leis orçamentárias, para o exercício de 2015.


"Esta decisão foi inédita, mudamos o entendimento a partir deste momento. Eles (vereadores) sabem que a situação foi inusitada", enfatizou o secretário.

Leia Também

'Chovem' fichas de alunos sumidos no Conselho Tutelar e pais pedem até reprovação dos filhos
Cidade Morena
'Chovem' fichas de alunos sumidos no Conselho Tutelar e pais pedem até reprovação dos filhos
Parque dos Poderes vai ganhar primeira revitalização após mais de três décadas
Cidade Morena
Parque dos Poderes vai ganhar primeira revitalização após mais de três décadas
Mato Grosso do Sul registra média de mil casos por dia
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul registra média de mil casos por dia
Chuva que atingiu Campo Grande deixou 9 bairros sem energia
Cidades
Chuva que atingiu Campo Grande deixou 9 bairros sem energia