Menu
sexta, 05 de março de 2021
Política

Ben Hur acredita que continuará no comando da Secretaria de Finanças

Tudo igual

05 novembro 2013 - 13h50Por Juliene Katayama

O secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento da Prefeitura de Campo Grande, Wanderlei Ben Hur, afirmou na manhã de hoje (05), estar tranquilo quanto ao pedido de afastamento solicitado pela Comissão Permanente de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal após a conclusão do relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Ben Hur disse que está à disposição do prefeito, mas que não há nenhum fato concreto que resulte no seu afastamento. Conforme o parecer do TCE, a prefeitura fez remanejamento de R$ 50 milhões que ultrapassou o limite de 5% permitido ao Executivo sem autorização do Legislativo.

"Então todos estão fazendo nos moldes da Corte", afirmou Ben Hur. O secretário ressaltou que o TCE vai instituir uma nova Comissão Técnica que irá elaborar um projeto de Instrução Normativa com objetivo de disciplinar e orientar na elaboração das respectivas leis orçamentárias, para o exercício de 2015.


"Esta decisão foi inédita, mudamos o entendimento a partir deste momento. Eles (vereadores) sabem que a situação foi inusitada", enfatizou o secretário.