(67) 99826-0686
Origem - entregas

Sem informações de Bernal, Marquinhos inicia oficialmente a transição de governo

A partir de 21 de novembro, as equipes de Bernal e Marquinhos começam a operar em conjunto

8 NOV 2016
Rodson Willyams
09h11min
Foto: André de Abreu / Arquivo

O prefeito Alcides Bernal, do PP, e o prefeito eleito Marquinhos Trad, do PSD, se encontraram no fim da tarde desta segunda-feira (7) para definir detalhes sobre o processo de transição de governo. O encontro aconteceu na sede do Poder Executivo municipal, em Campo Grande. Porém, ainda faltam informações da administração municipal, que ainda não terminou sequer de indicar a sua equipe de transição. A promessa é que na próxima semana o secretariado irá fornecer os dados necessários à equipe do prefeito eleito.

Segundo a assessoria de imprensa de Marquinhos Trad, a equipe transição solicitou detalhes de alguns procedimentos que precisam ser realizados antes da troca de gestão, como licitação para compra de remédios para saúde, e licitação de uniformes e merenda para a Educação.

Para a próxima sexta-feira (11), o prefeito Alcides Bernal agendou uma nova rodada de reuniões, quando vai colocar à disposição o seu secretariado para que apresentem um panorama sobre as suas respectivas secretarias à equipe de transição. A reunião permanece, até o momento, sem horário definido.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Campo Grande informou que o encontro entre Marquinhos e Bernal ocorreu de forma amistosa e informal, e revelou que, a partir do dia 21 de novembro, a equipe de transição começa  a trabalhar em conjunto.

O economista Pedro Pedrossian Neto, em entrevista ao TopMidiaNews, antecipou que a comissão terá a missão de fazer uma levantamento macro sobre a situação financeira de Campo Grande. Dentro deste diagnóstico, está previsto análise minuciosa envolvendo três questões principais: financeira, fiscal e administrativa.

Integram a Comissão de Transição, além do economista, Gilberto Cavalcante e Alexandre Ávalo. Da prefeitura, conforme a normativa 37 do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul, integram os secretários de Finança e Administração. Uma terceira pessoa ainda deve ser indicada.

E de forma inédita, oito vereadores da Câmara Municipal também participam do processo de transição. 

Veja também