TJMS JANEIRO
Menu
quinta, 20 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Bernal se reúne com vereadores e pede paz para a Capital

27 agosto 2015 - 11h26Por Anna Gomes e Rodson Willyams

O atual prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP), pediu paz e declarou que Campo Grande precisa ser o assunto de relevância. Ele se reuniu nesta manhã com os vereadores que relataram ter um encontro positivo com Bernal.

Na reunião, os vereadores Airton Saraiva (DEM), Carlão (PSB), e Paulo Siufu (PMDB), que eram os principais 'rivais' de Alcides antes de sua cassação estavam no encontro, onde uns apertaram as mãos do outro como forma de trégua.

O atual presidente da Câmara Municipal Flávio César (PT do B) disse que o encontro com o prefeito é o começo de um novo tempo e que os  vereadores estão abertos a um novo diálogo. Flávio ainda elogiou a espontaneidade de Bernal, indo conversar com os parlamentares antes mesmo de sua posse ao cargo que acontece hoje às 12h.

"A atitude mostrou que  a Câmara tem valor", disse o presidente da Casa de Leis.

Bernal disse que ele teve o dever de ir nesta reunião para mostrar para a população que quer resolver as questões de Campo Grande. "Os vereadores estão sempre nas comunidades, eles fazem a ponte da população com o executivo. A Capital está um caos e que precisa ser resolvido.

Luiza Ribeiro (PPS), ficou otimista com o encontro desta manhã, dizendo que a reunião demonstrou querer resolver as dificuldades da Cidade.

Para o vereador Paulo Pedra (PDT), que a relação entre prefeitura e a Câmara precisa ser uma via de mão dupla, onde os vereadores precisam ser atendidos, assim como o prefeito também.

Quando questionado sobre os erros do passado, Bernal não pensa duas vezes em dizer que agora tudo vai ser diferente, se depender dele.

"Errar é humano, mas a partir de agora, a posse tem algo novo que é conduzir a cidade. Não guardo mágoas de ninguém, mas fui vítima de uma ação criminosa cometidas por algumas pessoas que tinham apenas interesse em me difamar e afetar o mandato", desabafou Bernal.

O prefeito disse que Pedra se reuniu ontem com mais 12 vereadores e ressalta que a preocupação da maioria realmente seria acabar com a crise que Campo Grande está passando.