TCE MAIO
(67) 99826-0686
Camara Maio

Campeão de votos, Salineiro vai atuar em projetos de prevenção na Câmara Municipal

Com experiência em segurança pública, vereador eleito pretende dar respaldo legal ao combate à corrupção

22 OUT 2016
Diana Christie
07h00min
Foto: Diana Christie

Campeão de votos, o vereador eleito André Salineiro (PSDB) deve apresentar projetos de lei que atuem de forma preventiva aos problemas sociais como, por exemplo, proposta para ampliar o trabalho de combate às drogas nas escolas. Policial federal há dez anos, ele ainda pretende levar a experiência de investigador para fiscalizar as ações do Poder Executivo.

“Um bom gestor primeiro analisa o cenário, verifica as prioridades e as dificuldades da Câmara Municipal. Logo em seguida, vamos começar a apresentar os nossos projetos. Um deles é a inclusão da matéria de combate às drogas nas escolas, de uma forma mais lúdica, adequada para cada faixa etária”, explica.

Salineiro recebeu 8.776 votos, superando políticos experientes na Câmara Municipal. Formado em fisioterapia e em direito, ele afirma que “nunca ficou parado” e a sua capacitação, somada ao trabalho junto à comunidade e uma pequena ajuda da credibilidade da instituição ‘Polícia Federal’ auxiliaram o resultado.

“A gente imaginava que o resultado seria bom pelo carinho que recebia das pessoas nas ruas, que ouviam as nossas propostas, mas não imaginava a primeira colocação. Ainda mais concorrendo com candidatos de outras eleições, que usam a máquina pública. Isso é uma grande responsabilidade”, destaca.

Servidor de carreira, Salineiro faz trabalho voluntário em escolas e igrejas com palestras sobre planejamento familiar, redução da violência e combate às drogas. Também possui especializações em direito penal, direito processual penal e segurança pública, cursos na área de gestão, dois livros lançados e outro escrito, com previsão de lançamento para fevereiro.

Foto: Diana Christie

“Comecei o projeto de prevenção às drogas há quatro anos, faço nas minhas horas vagas. Atuando na Polícia Federal contra a corrupção, percebi que nada adianta se não tivermos um Legislativo que nos proteja. Nada melhor que começar na Câmara Municipal, in loco. Mas não quero me perpetuar na política. Ser policial federal é meu sonho, política a minha missão”, diz.

Além dos títulos ‘Gestão Estratégica em Segurança Pública’, ‘Colapso Econômico - A Política de Impostos no Brasil’ e ‘Políticas Públicas em Segurança Pública e Defesa Social’, o vereador eleito conta ainda que está escrevendo mais duas obras: ‘O Papel da Educação no Controle da Violência’ e ‘Agente Federal’, sendo o último um livro autobiográfico.

Com tantas qualificações, ele não defende que os candidatos tenham uma qualificação mínima para ingressar nos Poderes Constituintes, até por ser uma restrição vedada pela Constituição Federal, mas propõe a realização de um curso para políticos, onde os eleitos possam ter aulas de ética, legislação e cidadania. O projeto, no entanto, teria que partir do Congresso Nacional.

Já na Câmara Municipal, Salineiro nega que esteja articulando para assumir a presidência da mesa diretora, mas admite a possibilidade de ocupar o cargo. “Eu nunca havia pensado nessa questão de presidente e não vou brigar pela presidência. Se ela vir de forma natural, por parte dos colegas que buscam a renovação, eu posso aceitar. A população queria renovação e não adianta nada se não mudarmos lá. Não faz parte do meu plano, mas se vier assumirei com responsabilidade”.

Veja também