Menu
Busca domingo, 17 de novembro de 2019
Política

CPI da Energisa recebeu assinatura de todos os deputados estaduais

O primeiro encontro da CPI deve ocorrer na próxima semana

07 novembro 2019 - 14h14Por Diana Christie

Depois de confusão e brigas internas, todos os deputados estaduais assinaram o requerimento para abertura da CPI da Energisa, apresentado por Felipe Orro (PSDB) na sessão de ontem (7). O objetivo é investigar os aumentos possivelmente abusivos das contas de energia elétrica em Mato Grosso do Sul.

Apenas o presidente da Assembleia Legislativa, Paulo Corrêa (PSDB), não assinou porque o cargo não permite. "Conseguimos essa unanimidade porque temos embasamento, fato concreto e uma farta documentação que nos subsidia a conduzir essa investigação e dar uma resposta ao povo sul-mato-grossense, que não aguenta mais tanto aumento sem justificativa", disse Felipe Orro.

O primeiro encontro da CPI deve ocorrer na próxima semana, quando são definidos os membros titulares e suplentes. O prazo legal para apresentação do relatório final é de 120 dias. “Nós queremos que se faça justiça, devolvendo valores aos consumidores e que a partir de agora, cobre um valor justo na conta de energia elétrica”, ponderou Orro.