tce janeiro
SENAR 26/01
Menu
quarta, 26 de janeiro de 2022 Campo Grande/MS
Política

Defesa de Olarte nega prisão e diz que 'tudo é manobra política' do MPE

29 setembro 2015 - 14h26Por Rodson Willyams

A defesa do prefeito afastado Gilmar Olarte, do PP, afirmou ao Top Mídia News que, até o momento, não teve acesso ao processo que corre em segredo de Justiça e que pede a prisão do político. O advogado Jail Azambuja declarou que acha 'estranho' ser noticiada a 'suposta prisão de Olarte' sem que um órgão oficial tenha confirmado e a defesa tenha acesso ao teor do pedido.

Jail afirmou que foi, na manhã desta terça-feira (29), ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) solicitar 'pedido de vista' ao processo, para ter conhecimento sobre as notícias que foram veiculas pela imprensa.

"Esse pedido de prisão noticiado pela imprensa, ele não aparece, ninguém confirma. Nem o Ministério Público e nem o Tribunal de Justiça. Fica uma coisa esquisita, já que todos os veículos noticiaram, mas não apareceu uma fonte oficial. Ou seja, o processo que corre em segredo de Justiça foi vazado. Agora, ninguém fala sobre o teor desta prisão, se ela é temporária ou preventiva. Então, eu vejo isso como algo nebuloso. Por isso, solicitei o pedido de vista ao desembargador [Luiz Cláudio] Bonassini para me manifestar ", comentou Jail.

O advogado ainda disse acreditar que não existe motivo para que o prefeito afastado seja preso. "Não tem motivo para que haja a prisão. O Gilmar Olarte já está afastado e ele não tem como mais interferir na investigação. Acho que o Ministério Público Estadual está politizando questão", finalizou.