(67) 99826-0686

Dilma diz que sofre '2º golpe' na vida e que Temer terá 'oposição enérgica'

Segundo a presidente cassada, "acabam de derrubar a primeira mulher eleita presidente do Brasil sem que haja qualquer justificativa constitucional"

31 AGO 2016
Folha
15h28min
Foto: Pedro Ladeira/ Folhapress

Pouco depois de o Senado confirmar seu impeachment, Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (31) que estava sofrendo o "segundo golpe" de sua vida e que o governo do presidente Michel Temer vai enfrentar uma oposição "determinada e enérgica".

"Haverá contra eles a mais firme e enérgica oposição que um governo golpista pode sofrer", disse Dilma em rápido pronunciamento à imprensa na entrada do Palácio da Alvorada.

Segundo a presidente cassada, "acabam de derrubar a primeira mulher eleita presidente do Brasil sem que haja qualquer justificativa constitucional".

"O golpe não foi apenas contra mim. Isso foi apenas o começo. Vai atingir indistintamente qualquer organização progressista e democrática. O golpe é contra o povo, é contra a nação, é misógino, é homofóbico, é racista", disse Dilma.

Veja também