Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
Camara - corona
Política

Dilma tem ampla vantagem em todos os cenários para eleição, aponta Ibope

Eleição

25 outubro 2013 - 07h42Por Reuters

A presidente Dilma Rousseff mantém ampla vantagem na liderança em todos os cenários para a eleição do ano que vem, mostrou pesquisa do Ibope divulgada nesta quinta-feira, que também apontou que o percentual de preferência da presidente supera a soma dos rivais nas quatro simulações, o que sinaliza possibilidade de vitória em primeiro turno.

No cenário mais provável, em que Dilma enfrenta o senador e presidente do PSDB, Aécio Neves (MG), e o governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, ela lidera com 41 por cento das intenções de voto, contra 14 por cento de Aécio e 10 por cento de Campos. Nesta simulação, 22 por cento dos entrevistados declararam voto branco ou nulo e 13 por cento não souberam responder.

De acordo com a pesquisa, divulgada pelo Ibope, neste cenário apontado como o mais provável para o pleito de 2014, 28 por cento dos eleitores da ex-senadora Marina Silva migrariam para Campos. Ele é o candidato que mais receberia votos da ex-senadora recém-filiada ao PSB.

No cenário em que os rivais da presidente são Aécio e a ex-senadora Marina Silva, Dilma somou 39 por cento, ante 21 por cento de Marina e 13 por cento do senador tucano. Dezesseis por cento declararam voto branco ou nulo e 11 por cento não souberam responder.

Se a simulação inclui Dilma, Campos e o ex-governador de São Paulo José Serra como candidato do PSDB, a presidente segue liderando, dessa vez com 40 por cento, ante 18 por cento de Serra e 10 por cento de Campos. O percentual dos que afirmaram voto branco ou nulo é de 19 por cento e os que não souberam somam 12 por cento.

Neste caso, segundo o Ibope, Serra apareceu como principal destinatário dos votos de Marina, recebendo 27 por cento da preferência dos eleitores dela, enquanto 22 por cento passariam a optar por Campos.

Quando os adversários de Dilma são Marina e Serra, segundo o Ibope, a presidente aparece com 39 por cento, a ex-senadora tem 21 por cento e o ex-governador soma 16 por cento. Neste cenário, 15 por cento declararam voto branco ou nulo e 10 por cento não souberam responder.

Em todos os cenários, o percentual de Dilma superou a soma dos rivais, o que sinaliza possibilidade de vitória no primeiro turno. Somente na simulação em que a presidente enfrenta Serra e Marina essa vantagem fica dentro da margem de erro, que é de dois pontos percentuais.

No entanto, a pouco menos de um ano das eleições, ainda é elevado o número de eleitores que declararam voto branco ou nulo e de indecisos.

Leia Também

Para salvar cadela com cisto, mulher faz campanha na internet e oferece até faxina
Cidades
Para salvar cadela com cisto, mulher faz campanha na internet e oferece até faxina
PRECISA? Neymar foi aprovado para receber '600tão' do auxílio-emergencial
Geral
PRECISA? Neymar foi aprovado para receber '600tão' do auxílio-emergencial
Dois são presos por sequestro de professor da UFMS em Água Clara
Interior
Dois são presos por sequestro de professor da UFMS em Água Clara
PF cai em cima de empresas suspeitas de vender máscara superfaturada para a PRF-MS
Cidades
PF cai em cima de empresas suspeitas de vender máscara superfaturada para a PRF-MS