Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Política

Em Brasília, emedebistas ainda estão em silêncio apesar de soltura de Temer

No dia da prisão, o MDB contestou prisão do ex-presidente

25 março 2019 - 15h20Por Celso Bejarano, de Brasília

Ao menos até por volta das 16h (horário de Brasília), nenhum parlamentar no Congresso Nacional havia comentado a decisão do TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região - RJ), que mandou soltar o ex-presidente Michel Temer (MDB), preso na quinta-feira passada (21) por ter supostamente recebido propina de empreiteira que tocava obra na usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro. O mandado de prisão contra Temer era preventivo, isto é, sem data definida para acabar.

No dia da prisão, o MDB divulgou nota repudiando a medida: "o MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa", informou o partido em nota.

Além de Temer, o TRF-2 mandou soltar o ex-governador do Rio, Moreira Franco e outras cinco pessoas, também detidas na quinta-feira por suposto envolvimento no recebimento de propina.

São poucos os parlamentares que circulam pelo Congresso, na segunda-feira –  de 513 deputados federais e 81 senadores. A maioria chega à Brasília à noite ou na terça-feira de manhã. E já na quinta-feira à tarde, o Congresso fica vazio novamente porque os parlamentares voltam para suas cidades.

Leia Também

Bêbado, homem é preso por dirigir Fiorino sem dois pneus em Chapadão do Sul
Interior
Bêbado, homem é preso por dirigir Fiorino sem dois pneus em Chapadão do Sul
Mandetta chama deputada bolsonarista de 'nauseabunda' após piada com cota do Magazine Luiza
Geral
Mandetta chama deputada bolsonarista de 'nauseabunda' após piada com cota do Magazine Luiza
Nova política? Harfouche sai para prefeito e já lança campanha do filho
Política
Nova política? Harfouche sai para prefeito e já lança campanha do filho
Motorista do 'conversível das belezuras' trabalha na Petrobras e garante que não paga mulher
Geral
Motorista do 'conversível das belezuras' trabalha na Petrobras e garante que não paga mulher