Menu
Busca quarta, 22 de janeiro de 2020
Política

‘Irmão de Bolsonaro’, Coronel David é único que pode fazer embate de frente com Marquinhos

Análise foi feita por dirigentes partidários, mesmo contra situação partidária complicada do deputado

15 janeiro 2020 - 15h45Por Vinícius Squinelo

Amigo pessoal do presidente Jair Bolsonaro e um dos cabeças do Aliança pelo Brasil em Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Coronel David desponta como forte candidato à Prefeitura de Campo Grande. Para alguns, inclusive, pode ser o único nome com força para tirar Marquinhos Trad (PSD) da cadeira mais cobiçada das eleições 2020.

Na teoria, e nos números, é uma missão difícil. Marquinhos fechou 2019 com 34% das intenções de voto, segundo pesquisa Itop (Instituto TopMídia de Pesquisas), que ouviu 1.200 campo-grandenses entre os dias 13 e 19 de dezembro. No mesmo levantamento, David soma apenas 4% da preferência (leia a pesquisa completa clicando aqui). 

Porém, o que assusta os adversários, e anima a equipe do deputado, é a forte ligação com Bolsonaro. David é amigo do presidente há anos e foi responsável pelas diversas vindas de Jair ao Estado, além de ser seu maior cabo eleitoral pelo Mato Grosso do Sul.

A situação do coronel da Polícia Militar, porém, não é fácil. Além da frieza dos números, David tem que resolver a situação partidária. Há a dúvida se o Aliança pelo Brasil estará apto para as eleições deste ano. Caso contrário, não se sabe por qual sigla o deputado pode disputar o pleito.

Oficialmente, David sequer confirma a pré-candidatura. Mas o plano da Aliança é lançar candidatos à majoritária em todas as Capitais e maiores cidades, preparando o terreno para a possível campanha de reeleição de seu líder Jair Bolsonaro.

No campo político, porém, o nome de David é visto, apesar dos pesares, como um forte concorrente, quiçá o único capaz de conquistar a prefeitura, além, é claro, de Marquinhos. A força política de Bolsonaro é preponderante nessa análise.

Com garantia de anonimato, dois dirigentes partidários mostraram a mesma visão para as eleições deste ano. Para eles, 2020 em Campo Grande a política é simples: é Marquinhos ou David.