ALMS - RAMAL
Menu
Busca domingo, 12 de julho de 2020
REFIS SAUDE
Política

Justiça proíbe coligação de Marquinhos Trad de veicular propaganda política com computação gráfica

Decisão foi divulgada na noite desta quarta-feira

20 outubro 2016 - 10h01Por Thiago de Souza

A coligação Sempre com a Gente, do candidato a prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) foi proibida pela Justiça Eleitoral de veicular novamente propaganda política na qual utiliza computação gráfica, prática proibida pela lei eleitoral.

A decisão, da juíza Eucelia Moreira Cassal, da 8ª Zona Eleitoral de Campo Grande, foi divulgada na noite desta quarta-feira (19).

A propaganda eleitoral em questão foi veiculada no dia 15 de outubro deste ano e se refere a uma ilustração em um bloco de papel, onde aparecem escritos acompanhados dos símbolos de 'visto' em vermelho, elencados em tópicos que diziam: 'Pense Nisso! Menos Propaganda e Mais Trabalho'.

Em sua defesa, a coligação de Marquinhos diz que se tratavam de caracteres que deslizavam na tela, com aplicação de recurso que seria permitido em lei.

Porém, a magistrada entendeu que houve sim a utilização de recurso de computação gráfica, o que fere os artigos 54, da Lei n.º 9.504/96 e também do artigo 53 da Resolução TSE n. 23.457/2015. ''É certo que o recurso utilizado diferencia o candidato dos demais e distrai o eleitor com recursos gráficos, o que efetivamente afronta a legislação eleitoral. Note-se das imagens que elas se distinguem das toleradas pela legislação eleitoral referente a computação gráfica, consistente em legendas, nome do candidato, coligação e seu número, criando uma realidade inexistente", relatou Eucelia Cassal.

A ação foi proposta pela coligação Juntos por Campo Grande, da candidata Rose Modesto (PSDB).

Leia Também

Homem mata a esposa, atira nos filhos e se mata em igreja
Polícia
Homem mata a esposa, atira nos filhos e se mata em igreja
Irmãos trocam facadas em bebedeira no Santo Antônio
Polícia
Irmãos trocam facadas em bebedeira no Santo Antônio
Protetora há 10 anos, Jaqueline viu sua 'amicão' Dalila se despedir um dia antes do seu aniversário
Algo mais
Protetora há 10 anos, Jaqueline viu sua 'amicão' Dalila se despedir um dia antes do seu aniversário
Suspeitos seguem desaparecidos após tentativa de furto a banco em Chapadão do Sul
Interior
Suspeitos seguem desaparecidos após tentativa de furto a banco em Chapadão do Sul