TCE MAIO
(67) 99826-0686

Lula não vai interferir nas decisões do PT em MS

Política

14 NOV 2013
Marithê Lopes/ Juliene Katayama
15h44min
Foto: Geovanni Gomes

Em reunião com o diretório regional do PT na última quarta-feira, 13 de novembro, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva disse que não vai interferir nas decisões do partido em MS. "As alianças do PT dependem dos diretórios regionais e não interfere nessas decisões", confirma Lula.

 

O vereador Zeca do PT afirmou que o ex-presidente não é membro da direção nacional do partido e não vai decidir sobre as questões partidárias no Estado e todas as decisões tomadas em MS terá que ser comunicado a nacional.

 

"Lula comunga a ideia de fazermos alianças para evitar o isolamento e após as eleições fazer um governo de coalizão. Ele é sabedor que aqui o PT fez a opção de derrotar o PMDB", comenta Zeca.

 

"A vaga do vice tem que ser alguém que consiga agregar os 43% que eu conseguiu em 2010 quando fiz a campanha sozinho, enquanto o André estava com toda a cúpula do PMDB e no auge da sua carreira política. Esses 43% representam a base social, os votos de esquerda, os servidores, quem defende a reforma agrária e os índios", explica o vereador Zeca do PT.

Veja também