Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
Gov - Compre de Casa
Política

Marquinhos Trad vai a Brasília evitar suspensão de obras antienchentes na Capital

Uma delas é a contenção das margens do Córrego Anhanduí, que transbordou recentemente

13 dezembro 2016 - 14h02Por Thiago de Souza

O prefeito eleito Marquinhos Trad (PSD) está em Brasília, nesta terça-feira (13), tentando, junto ao Governo Federal, evitar a suspensão de obras antienchentes em Campo Grande. Além disso, Trad quer garantir novos projetos em outros 12 pontos de alagamentos na Capital. 

“As chuvas que caíram especialmente na última quinta-feira (8) fizeram com que o Rio Anhanduí transbordasse impedindo a circulação de veículos. Isso nos sensibilizou e nos motivou a ir em caráter de urgência para implorar ao ministro das Cidades, Bruno Araújo, e a bancada federal de Mato Grosso do Sul a não suspensão da operação número 0351032-95, cujo objeto é o completo Anhanduí, Cabaça e Areias, assinado em 23 de agosto de 2011”, detalhou Marquinhos.

Trad espera que o ministro das Cidades, Bruno Araújo, dê um 'voto de confiança' em sua administração, para que a Capital não perca investimento em obras, que em alguns casos estão paradas há anos e totalizam cerca de R$ 73 milhões, segundo ele. O prefeito eleito já dá esse valor como perdido e espera conseguir R$ 50 milhões. 

A obra a qual Marquinhos se refere, consiste em ações de contenção das margens do Córrego Anhanduí para evitar alagamento. O projeto foi aprovado pela Caixa Econômica Federal e para seguir adiante é necessária nova licitação para contratar empresa responsável pela execução da obra. 


 

 

Leia Também

Sábado será de sol, sem chuva em Campo Grande
Cidade Morena
Sábado será de sol, sem chuva em Campo Grande
Feminicídios, assassinatos e suicídio mudam cenário da até então pacata Costa Rica
Polícia
Feminicídios, assassinatos e suicídio mudam cenário da até então pacata Costa Rica
PÁGINA VIRADA: sem constrangimento, Willian Waack comenta protesto de negros nos EUA
Geral
PÁGINA VIRADA: sem constrangimento, Willian Waack comenta protesto de negros nos EUA
PF diz ao STF que vai ouvir Bolsonaro por causa das acusações de Moro
Geral
PF diz ao STF que vai ouvir Bolsonaro por causa das acusações de Moro