FIEMS JUNHO

segunda, 17 de junho de 2024

Busca

segunda, 17 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Política

03/08/2017 19:00

Marun aplaude vitória de Michel Temer e diz que se sente fortalecido para votar reformas

Parlamentar afirmou que a relação daqueles que votaram a favor da denúncia fica estremecida com o governo

Após conquistar a maioria dos votos e barrar a denúncia pelo crime de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer, o ‘braço direito’ do peemdebista, deputado federal pelo Mato Grosso do Sul, Carlos Marun (PMDB) afirmou ao TopMídiaNews que acredita que a vitória facilita outros anseios do governo, como a aprovação da reforma previdenciária.

O parlamentar afirma que deixou a votação fortalecido. “Foi uma vitória muito importante, atenderam nossas expectativas demonstrando que temos força quando o assunto são os adversários. Saímos fortalecidos para os próximos projetos”.

Carlos destaca que ainda não fez uma avaliação de como será a votação da reforma previdenciária, mas acredita que os votos declarados durante a sessão que analisava a denúncia contra Temer, deixa evidente que outra vitória está por vir. “Eu ainda não parei para fazer essa avaliação, exatamente sobre as reformas, mas com certeza a votação de ontem facilita, só o fato de vencer os adversários já conta muito”.

Questionado sobre um encontro com Michel Temer após a votação na Câmara dos Deputados, Marun confirma que se encontrou com o presidente. “Eu fiz questão de ir dar o meu abraço à ele, que estava muito feliz. Ele já tinha feito o pronunciamento e estava muito satisfeito”.

Sobre os deputados que votaram a favor da continuação da denúncia, o deputado federal afirma que a relação com o governo fica totalmente estremecida. “Fica estremecida, não tem como não mudar após tudo que foi dito durante aquela votação, a relação muda. O governo estava atendo aos pronunciamentos totalmente sem fundamento”.

Votação

No total, foram quase 13 horas de trabalhos na Câmara dos deputados, com a rejeição da denúncia contra o presidente Michel Temer, por corrupção passiva, proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR). No total, foram 263 votos contra a continuação da denúncia, contra 227 a favor.  

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO