TCE Novembro
TJMS DEZEMBRO
Menu
sexta, 03 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
ALMS - NOVEMBRO
Política

Marun diz que ferimento de Bolsonaro 'é mais grave que o imaginado' e volta a pedir calma na eleição

Candidato levou uma facada na altura do tórax durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG)

06 setembro 2018 - 17h32Por Thiago de Souza

O ministro da Secretaria-Geral de Governo, Carlos Marun, divulgou nova nota na tarde desta quinta-feira (6), onde afirma que o ferimento causado por uma facada em Jair Bolsonaro (PSL) ''é mais grave do que o inicialmente imaginado''. Ele voltou a pedir calma aos cidadãos no processo eleitoral deste ano.

Conforme Marun, o candidato à presidência da República pelo PSL está sendo operado em Minas Gerais ''e a situação inspira cuidados''.   

Assim como na primeira nota emitida logo após o atentado sofrido pelo candidato, Marun voltou a pedir calma para a população.

''Reafirmo o chamamento à calma e o respeito a tradição democrática e pacífica das nossas eleições'', enfatizou o ministro.

Ataque

Na tarde desta quinta-feira, Bolsonaro foi atingido por uma facada na altura do tórax, durante ato político em Juiz de Fora (MG). O deputado foi socorrido e as primeiras informações davam conta que o ferimento era superficial.

O suspeito pelo ataque foi preso em flagrante.