Menu
sábado, 28 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Política

Militar das Forças Armadas desponta nas ruas e na internet sem precisar de 'amarrações' políticas

Capitão Contar tem muitas coisas em comum com o presidenciável Jair Bolsonaro

27 setembro 2018 - 17h00Por Da redação

O Capitão Renan Contar (PSL), candidato a deputado estadual, tem ganhado destaque nas ruas e nas redes sociais a cada dia. Levando propostas de renovação e amor à pátria, o militar das Forças Armadas tem se tornado ícone entre as pessoas que pedem por políticos com ficha limpa.

Uma das figuras públicas brasileiras que se envolveu neste engajamento foi o respeitado empresário e apresentador de TV, Ratinho, que gravou um vídeo, que viralizou nas redes sociais, onde ele afirma conhecer o candidato de Mato Grosso do Sul e confiar o voto nele.

''Em época de política, nós precisamos ajudar pessoas boas a se eleger, por isso estou aqui pedindo o seu voto para um grande amigo meu, o Capitão Contar (...) Eu gostaria muito que vocês ajudassem quem é sério e honesto, e quem ama o Mato Grosso do Sul'', frisa Ratinho ressaltando o nome do candidato e o número dele.

Campanha voluntária

Diversas pessoas e empresas se voluntariaram a ajudar na campanha do Capitão Contar, por conta de sua postura ética, comportamento exemplar e forma simples de tratar as pessoas. A adesão começou pela ideia de mudança que o candidato presidenciável, Jair Bolsonaro, prega.

Aliás, Bolsonaro, apoia diretamente Contar, por terem algumas coisas em comum. Ambos são capitães das Forças Armadas e estão no mesmo partido.

Com o tempo de campanha, Capitão Contar começou a se destacar dentre as pessoas que procuravam o PSL por esta mudança. Nas ruas, ele é reconhecido por suas ideologias que foram forjadas por uma das forças mais respeitadas, o Exército Brasileiro.

Seu nome é tido como certo, tanto na Capital quanto no interior de Mato Grosso do Sul, pela forma de trabalho e pelas suas propostas. Um das qualidades citadas a respeito do candidato Capitão Contar é que ele não desvia o olhar ao conversar, já que faz questão de ser sincero em suas análises.

Além disso, por conta da sua postura ética, Contar não tem amarrações políticas. ''O militar só pode se pronunciar como candidato nos três meses próximos ao dia das eleições, antes disso não, por conta do Código Militar. Por isso, reafirmo que não fiz nenhum tipo de acordo ou subi em nenhum palanque. Minha campanha é feita de forma limpa e com ajuda de amigos, familiares e voluntários, que acreditam nesta mudança'', pontua.

Destaque em pesquisa

O candidato também tem se destacado em pesquisas eleitorais, sendo citado como um dos ocupantes de uma das 24 cadeiras da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). A iniciativa de disputar o pleito eleitoral contou com o apoio da família.

''Acredito no Contar como político, antes mesmo de me casar com ele. Uma das coisas que me chamou a atenção nele, é a postura que tem para ajudar o próximo e seu instinto de corporativismo. Ele é fiel a seus princípios e ideais e destaca que não existe meio certo. Ou é ou não é'', contou a empresária e esposa, Iara Diniz.