Menu
segunda, 28 de setembro de 2020
Política

Mourão lamenta massacre em Suzano e culpa videogames

"Quando eu era criança e adolescente, jogava bola, soltava pipa, jogava bola de gude, hoje não vemos mais essas coisas", disse o vice-presidente

13 março 2019 - 16h47Por Da redação/Portal Terra

O vice-presidente, Hamilton Mourão, lamentou hoje (13) o massacre na Escola Raul Brasil, em Suzano, na grande São Paulo, e disse que o caso se deve à influência de videogames violentos e à falta de atividades educativas para crianças e adolescentes.

"Hoje a gente vê essa garotada viciada em videogames e videogames violentos. Só isso que fazem. Quando eu era criança e adolescente, jogava bola, soltava pipa, jogava bola de gude, hoje não vemos mais essas coisas. É isso que temos que estar preocupados", disse.

Ao lembrar o massacre na Escola Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro, onde um ex-aluno matou 12 pessoas, em 2011, disse que "tem que chegar à conclusão por que isso está acontecendo? Essas coisas não aconteciam no Brasil, ocorriam em outros países".

O vice-presidente contou da sua experiência de adolescência, quando morou nos Estados Unidos, e estudava das 9h às 15h, como é o padrão norte-americano de ensino. "Hoje, pai e mãe são obrigados a trabalhar pelas exigências da sociedade moderna, nos faltam escolas de tempo integral, onde a criança fique mais tempo", disse Mourão. A flexibilização da posse de arma de fogo, para o vice-presidente, "não tem nada a ver" com o caso. "Vai dizer que a arma que os caras tinham lá era legal?", disse.

Leia Também

Motociclista bate em carro e morre na Av. Presidente Vargas
Cidade Morena
Motociclista bate em carro e morre na Av. Presidente Vargas
Pais pode economizar até 157% no Dia das Crianças
Cidade Morena
Pais pode economizar até 157% no Dia das Crianças
“Eram trabalhadores, nunca se envolveram com polícia”, lamenta irmã de gêmeos assassinados
Polícia
“Eram trabalhadores, nunca se envolveram com polícia”, lamenta irmã de gêmeos assassinados
PRF libera rodovia tomada pela fumaça do Pantanal, onde acidente matou um
Interior
PRF libera rodovia tomada pela fumaça do Pantanal, onde acidente matou um