FIEMS JUNHO

segunda, 17 de junho de 2024

Busca

segunda, 17 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Política

20/07/2017 19:00

Nepotismo: Prefeito faz a festa e nomeia cunhado e sobrinha em cargos comissionados

Um dos familiares foi designado para analisar as licitações do município

Após anos de turbulência política, com o escândalo conhecido como ‘farra das diárias’, Ribas do Rio Pardo volta a ser destaque por causa da ingerência de seus administradores. Desta vez, o problema é que o prefeito do município, Paulo Tucura (PMDB), nomeou o cunhado e a sobrinha em cargos comissionados.

De acordo com o MPE (Ministério Público Estadual), o servidor efetivo Genésio Camargo Fontebassi foi nomeado para trabalhar na equipe de apoio das licitações realizadas pelo município em 11 de janeiro de 2017 e, um mês depois, passou a ganhar adicional de salário pela função gratificada. Cunhado de Paulo Tucura, ele ficou responsável por auxiliar na seleção de empresas que ganham contratos com o município.

“A nomeação do referido servidor, cunhado do atual prefeito, para integrar a equipe de apoio nas licitações realizadas pelo município na modalidade Pregão Presencial, bem como, a atribuição da função gratificada FG-1, ferem os princípios da isonomia, legalidade, impessoalidade e moralidade administrativa”, destaca o promotor George Zarour Cezar.

Além do cunhado, o prefeito também encontrou espaço para a sobrinha, Nathalia Fontebassi, através de convocações para atuar como professora de Ensino Básico por 16 horas-aulas, em substituição de vaga ocupada por servidora efetiva, e de 20 horas-aulas para prestar serviços na biblioteca do SESI.

Nathalia Fontebassi foi contratada entre 1º de fevereiro à 14 de julho em um emprego e de 13 de fevereiro até a mesma data no outro, justamente a partir do início do mandato eletivo de Paulo Tucura. Além disso, conforme o MPE, o prefeito manteve as irregularidades mesmo após alerta do Órgão de Controle Interno Municipal.

Com base nessas informações, o promotor George Cezar expediu uma recomendação, publicada em diário oficial nesta quinta-feira (20), para que o prefeito faça as exonerações a fim de cumprir o disposto na Súmula Vinculante nº. 13, que regulamenta as ocorrências de nepotismo. Ele tem dez dias para tomar providências ou poderá responder judicialmente.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO