Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Política

“O que está por vir pode derrubar o Capitão eleito”, afirma Carlos Bolsonaro em rede social

"Onde estão os caras feias, os identificadores de problemas, os escritores de cartas para aliados “desbocados”? O silêncio não tem nada a ver com a descoberta de seus devidos lugares

15 maio 2019 - 13h19Por Da redação/Revista Fórum

Em mais uma mensagem em tom enigmático no Twitter na manhã desta quarta-feira (15), o vereador Carlos Bolsonaro (PSC/RJ) afirmou que “o que está por vir” pode derrubar o pai, Jair Bolsonaro (PSL), da Presidência. “Onde estão os caras feias, os identificadores de problemas, os escritores de cartas para aliados “desbocados”? O silêncio não tem nada a ver com a descoberta de seus devidos lugares. O que está por vir, pode derrubar o Capitão eleito. O que querem é claro!”, tuitou o 02 do clã Bolsonaro.

Acompanhado do texto, o vereador publicou um vídeo em que o jornalista e teólogo Daniel Lopez, seguidor de Olavo de Carvalho que faz parte da rede de extrema-direita nas redes sociais, analisa a MP 870, que reorganiza o Estado sob o comando de Bolsonaro e corre o risco de não ser aprovada pelo Congresso Nacional. Caso a Medida Provisória não seja aprovada – ou caduque, estourando o prazo para votação -, Bolsonaro terá que retornar a estrutura de governo de Michel Temer. Este parece ser o medo de Carlos Bolsonaro, que pode derrubar Bolsonaro.

Recriação de ministérios

Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo nesta quarta-feira (15) diz que uma dúvida jurídica atormenta o Palácio do Planalto. Tudo porque, se a medida provisória que trata da reforma administrativa não for aprovada até 3 de junho pelo Congresso, perderá a validade. A situação já seria preocupante por si só, não fosse um detalhe ainda pior: se for derrotado nessa votação, o governo poderá ter de recriar até dez ministérios.

Editada em janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro, a MP 870 diminuiu o número de pastas, de 29 para 22. O Planalto enfrenta dificuldades na Câmara e no Senado e já foi informado de que, se a medida não receber sinal verde, todas as fusões de ministérios serão desfeitas e repartições sairão do limbo.

Leia Também

Preparado para o apocalipse zumbi: homem é preso com 5 armas de fogo em assentamento
Polícia
Preparado para o apocalipse zumbi: homem é preso com 5 armas de fogo em assentamento
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel de Dourados
Interior
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel de Dourados
Pitbull ataca criança com mordidas no rosto em restaurante
Geral
Pitbull ataca criança com mordidas no rosto em restaurante
Escola esconde menina negra de propaganda e caso vai parar na delegacia
Geral
Escola esconde menina negra de propaganda e caso vai parar na delegacia