TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
ASSEMBLEIA MAIO DE 2022
Política

Odilon pede que famílias acolham haitianos e sugere oferecer trabalhos domésticos para refugiados

'Temos que admitir essas pessoas nas residências como empregados domésticos', declarou

10 setembro 2018 - 16h21Por Redação

Candidato ao governo do Estado, o juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT) declarou, em entrevista para a TV Imaculada, que os haitianos que chegam a Mato Grosso do Sul, usando como rota especialmente a cidade de Corumbá, devem ser acolhidos por todos. Também sugeriu que as famílias abram as portas de casa e ofereçam serviços domésticos.

“O Brasil tem que ter seus braços e corações abertos para receber as pessoas. Mato Grosso do Sul mesma coisa. É uma questão humanitária. Eles são nossos irmãos. É mesma coisa. São filhos de Deus, temos que acolher essas pessoas. E temos que acolher essas pessoas, a gente formando um bloco da solidariedade. E esse bloco da solidariedade deve ser coordenado pelo Estado juntamente com as prefeituras. Todos somos responsáveis”, destacou.

Em trecho polêmico da resposta, candidato sugeriu oferecer empregos que necessitam menor qualificação profissional. “A gente tem que incentivar também, despertar nas pessoas e nas empresas também, o sentimento de solidariedade. É nosso irmão que está na rua sem comida. É nosso irmão que veio de outro país, não procurando riqueza, assim como eu vim do Nordeste. Já pensou se eu não fosse acolhido aqui no Estado e meus irmãos famintos? A solidariedade não é uma virtude, é uma obrigação. Nós temos que fazer isso. Incentivar as empresas a dar emprego a essas pessoas. Admitir essas pessoas nas residências como empregados domésticos. Temos que dar alimentos, remédios, tratar como brasileiros fossem, pois somos todos filhos de Deus”, alegou.

As declarações ocorrem a partir do minuto 18’. Confira a entrevista completa abaixo: