Menu
Busca sexta, 13 de dezembro de 2019
Política

Opositor de Bolsonaro, Witzel ajoelha para Gabigol e é ignorado

Governador do RJ tenta usar o futebol em futura campanha presidencial

24 novembro 2019 - 10h09Por Vinícius Squinelo

Já em velada pré-campanha presidencial, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, tenta usar a histórica vitória do Flamengo como vitrine política. Acabou, na primeira oportunidade, sendo frustrado pelo craque do time, Gabriel Barbosa, o Gabigol.

Após o placar de 2 a 1 contra o River Plate Witzel, se ajoelhou diante do atacante Gabigol no gramado do Estádio Monumental de Lima, no Peru, em reverência. O jogador, porém, não deu bola para o governador e passou reto.

No momento do ato, Gabigol até cumprimenta o governador com um rápido aperto de mãos, mas logo sai caminhando para o lado esquerdo.

Witzel tenta disfarçar e logo sai caminhando. O governador do RJ hoje é um dos que mais atacam o presidente Jair Bolsonaro, e já é dito dentro da política que vai tentar ser presidente da República em 2022.