TCE Novembro
Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021 Campo Grande/MS
pmcg revia negocios
Política

PMDB, PSB, PR e PTdoB anunciam aliança para disputar prefeitura de Campo Grande

27 maio 2016 - 15h19Por Airton Raes

Reunião entre lideranças do PMDB, PR, PSB e PTdoB nesta semana definiu uma aliança entre os três partidos em torno de uma candidatura única para disputar a Prefeitura de Campo Grande. Na próxima quarta-feira, 1° de junho, o grupo vai anunciar o nome para encabeçar a chapa.

A reunião ocorreu na sede da Fiems (Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul), e contou com os pré-candidatos a prefeito de três das quatro siglas; o deputado estadual Márcio Fernandes (PMDB), a deputada federal Tereza Cristina (PSB) e o presidente da Fiems, Sergio Longen (PR). Também participou o presidente do diretório estadual do PMDB e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Junior Mochi (PMDB), além do presidente do diretório municipal do PR na Capital, deputado Paulo Corrêa (PR).

De acordo com Junior Mochi, os planos de união para as eleições de 2016 já é antiga. “Os três pré-candidatos vão conversar e decidir quem vai ser o candidato a prefeito. O acordo é que então os outros vão apoiar o nomes decidido”, informou.

O deputado Paulo Corrêa disse que a reunião serviu para a construção de um grupo politico entre os quatro partidos com foco as eleições. “O ungido será anunciado dia 1º de junho”, explicou.

A aliança afasta a possibilidade do presidente da Cassems, Ricardo Ayache (PSB), ser escolhido como candidato a vice-prefeito da candidatura da vice-governadora Rose Modesto (PSDB). Márcio Fernandes saiu do PTdoB sob alegação de não ter espaço para candidatura própria. Com a desistência dos outros pré-candidatos dentro do PMDB, inclusive do ex-governador André Puccinelli, Márcio tem se destacado como pré-candidato pelo partido.