TCE JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
segunda, 27 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Política

Prefeito da Capital nega vaidade sobre futura candidatura a governador

Já com discurso de quem quer ser governador Trad indica que o Estado precisa de justiça social

19 dezembro 2021 - 13h30Por Rayani Santa Cruz

"Se eu tivesse vaidade com certeza não chegaria onde nós chegamos", disse o prefeito Marquinhos Trad (PSD) ao ser questionado sobre deixar a prefeitura de Campo Grande para concorrer ao governo em 2022 é por vaidade ou por projeto para MS. Marquinhos fez a afirmação durante entrevista no programa Boca do Povo.

Com discurso de quem já se prepara para ser candidato a governador, o prefeito de Campo Grande destaca a necessidade de justiça social em território sul-mato-grossense. 

"Eu nunca fiz política com dinheiro, eu fiz política com amigos e principalmente com pessoas que nunca tiveram vez ou voz. A minha política saiu do chão e ali estão meus melhores amigos. A minha política está nos bairros e é mentira que a classe D, E e C é um perigo para a sociedade. O perigo é um Estado cujo o líder não dá o exemplo, um Estado que tem as garras firme e forte para punir os fracos e é flexível na hora que senta com os grandes."

O líder do PSD, deu exemplo sobre o congelamento do IPTU de 2022, e ponderou que é preciso reduzir tributos a população, ter olhar para os menos favorecidos com programas sociais e desenvolvimento. 

Alianças

O prefeito disse ainda que alianças políticas podem ser feitas desde que sejam boas para o povo. "Aliança política apenas por alguém quer cargos em composição de chapa, não precisa me chamar na mesa, porque eu estou fora. Os partidos me conhecem e sabem disso. Quem quiser vir para ajudar o Estado nesse modelo de projeto podem vir. Mas, não haverá troca-troca não. E nem espaços em composições de chapa."