Menu
domingo, 29 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Política

Projeto flexibiliza venda de óculos sem a necessidade optometrista no camelódromo

Cerca de 100 trabalhadores estão ligados a venda de óculos de sol no espaço comercial

12 maio 2022 - 16h42Por Vinicius Costa

O pedido dos permissionários do camelódromo foi fielmente atendido pelos vereadores de Campo Grande, que aprovaram em regime de urgência, o projeto que flexibiliza a venda de óculos escuros nos guichês do espaço sem a necessidade da assinatura de um optometrista.

Em sessão nesta quinta-feira (12), os parlamentares aprovaram o projeto após o pedido um dia antes da votação para essa mudança. 

Antes, a Vigilância Sanitária exigia a presença desse profissional para fazer a devida comercialização do produto.

Caso não tivesse a presença do optometrista, o alvará de funcionamento era negado.

“Agradecemos a Câmara por estar nos ouvindo.  Queremos oportunidade para as pessoas trabalharem legalmente. Buscamos entendimento para que ocorra a mudança na lei para que as pessoas possam trabalhar com segurança, legalidade, dentro do que é certo. Queremos entendimento, que as pessoas possam trabalhar tranquilas trazendo sustento para suas casas”, disse o presidente da associação dos comerciantes, Narciso Soares dos Santos.

O camelódromo tem 470 boxes atualmente, onde trabalham cerca de 1.000 funcionários, entre proprietários e funcionários. Destes, cerca de 100 atuam na venda de óculos e outros produtos ópticos.