TCE MAIO
(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Puccinelli critica Governo Federal sobre resolução de conflitos indígenas

Conflitos Indígenas

23 DEZ 2013
Lucas Arruda
11h00min
Foto: Geovanni Gomes

O governador André Puccinelli afirmou esta manhã que não acredita mais que o Governo Federal resolva os conflitos entre os índios e os produtores rurais ainda este ano.

Para o chefe do executivo, nem os índios e nem os não índios dão créditos para o que o governo federal diz. "Nós mandamos gente nossa para que pudesse auxiliá-los nessas questões, colocamos todos os dados do Estado a disposição também, ou seja, nós auxiliamos o governo em tudo. Apesar disso eles não definiram nada e a decisão é somente deles, a população não acredita mais no Governo Federal", ressaltou em entrevista ao Bom Dia MS nesta manhã.

Puccinelli ainda declarou que quando a Funai (Fundação Nacional do Índio) não se "intrometia" tanto nestas questões não havia muitos conflitos entre os índios e os produtores.

"A Funai tem que parar de fazer besteiras como só tem feito. Antes, quando o órgão não se metia demais, havia paz entre os índios e os produtores rurais", ressaltou.

Histórico - Após o conflito que aconteceu em maio na fazenda Buriti, localizada em Sidrolândia, o ministro da justiça José Eduardo Cardozo veio a Campo Grande e prometeu tomar uma atitude emergencial dentro de 90 dias para resolver as questões entre os indígenas e os produtores rurais, comprando as áreas demarcadas e depois distribuindo-as.

Após o Governo Federal não ter cumprido o prazo, a resolução do impasse foi adiada até o dia 15 deste mês. No entanto, mais uma vez, o prazo não foi cumprido. "É muito frustrante quando não se cumpre a palavra, não damos mais crédito quando isso acontece", finalizou o governador.

Veja também