(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Puccinelli vai ser indenizado em quase R$ 40 mil por causa de vídeo no YouTube

Justiça decidiu que peemedebista deve receber indenização do Google por ter seu nome envolvido em golpe

2 DEZ 2016
Amanda Amaral
19h00min
Foto: Geovanni Gomes/Arquivo TopMídiaNews

Dois anos após a publicação de um vídeo denominado “Golpe Político em Campo Grande MS”, que ficou um mês no ar no YouTube no final de 2014, o ex-governador André Puccinelli (PMDB) ganhou ação alegando danos morais. Nas imagens, o peemedebista era apontado como membro de uma organização criminosa que culminou na cassação do prefeito Alcides Bernal (PP).

A Justiça de Mato Grosso do Sul acatou o pedido indenizatório do político, que deve receber R$ 38.962,89 da empresa Google Brasil Internet Ltda., que é proprietária da plataforma de vídeos. Na época da publicação do conteúdo, em novembro de 2014, o vídeo deveria ser retirado do ar no prazo máximo de 24 horas a partir do dia 15 daquele mês, mas permaneceu no ar até o dia 12 de dezembro.

Com o descumprimento da decisão, Puccinelli requereu indenização de mil reais por dia em que o vídeo permaneceu no ar, mais correção de juros até a data do pagamento. A empresa agora tem o prazo de até 15 dias para indenizá-lo.

A pena pelo não pagamento da multa é de 10% e, também, de honorários advocatícios de 10%, mais a penhora dos bens da empresa.

Veja também