TCE MAIO
(67) 99826-0686

Reeleitos apresentaram 68 projetos de Lei na Câmara Municipal

Com exceção de Gilmar da Cruz, que apenas assina projeto com demais parlamentares

28 OUT 2016
Rodson Willyams
19h00min
Foto: André de Abreu

De acordo com o sistema de projetos da Câmara Municipal de Campo Grande, no primeiro semestre deste ano, os vereadores apresentaram 144 projetos de Lei. Após as eleições municipais, 11 parlamentares foram reeleitos e se somados, totalizam  68 projetos apresentados até o momento.

Entre os reeleitos, o vereador campeão com projetos de Lei encaminhados à Câmara Municipal é o 1º secretário da Mesa Diretora, Carlos Augusto, o Carlão, do PSB. Ao todo, o parlamentar apresentou 10 projetos sozinho, sendo mais dois por meio da Mesa Diretora, e mais um com outros parlamentares, totalizando 13 projetos.

Logo depois, no ranking, vem o atual presidente da Casa de Leis, vereador João Rocha, do PSDB. O vereador se iguala a Carlão, porém, em projetos de Lei de sua própria autoria, totaliza oito, sendo dois a menos de Carlão. E ainda apresenta mais cinco, sendo dois por meio da Mesa Diretora e mais três com demais parlamentares, ao todo, totaliza 13 projetos.

Em terceiro lugar, está Paulo Suifi, do PMDB. O parlamentar apresentou 11 projetos, sendo sete de sua autoria e mais quatro assinado em conjunto com demais parlamentares.

Lívio Viana, do PSDB, aparece em seguida com sete projetos, sendo três de sua autoria e mais quatro de com demais parlamentares. Otávio Trad, do PTB, aparece com seis; Eduardo Romero, da Rede, e Cazuza, do PP, cada um com cinco. Chiquinho Telles, do PSD, e Ayrton Araújo, do PT, com três e Betinho, do PRTB, com dois.

O único vereador reeleito e que em 2016, não apresentou um único projeto de autoria própria continua sendo o vereador Gilmar da Cruz, do PRTB. O parlamentar assina um único projeto com demais parlamentares.

Ainda no primeiro semestre, a assessoria de imprensa da Câmara Municipal informou ao Portal, que em Plenário foram aprovados um total de 148 projetos, sendo 33 projetos de Lei, três projetos de Lei complementar, 93 projetos de decreto, sendo 11 projetos de resolução, todos de autoria dos vereadores, sendo que outros 95 propostas continuam em tramitação para este semestre.

 

Veja também