A+ A-

domingo, 19 de maio de 2024

Busca

domingo, 19 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Política

27/09/2017 14:09

A+ A-

PSDB decide novo presidente em MS durante reunião do diretório na próxima semana

Lideranças políticas buscam consenso entre os nomes colcocados para disputa

O PSDB realiza, na próxima semana, reunião do partido para chegar a um nome de consenso para assumir a presidência do diretório estadual em Mato Grosso do Sul. A disputa está entre o deputado estadual Rinaldo Modesto, deputado estadual Beto Pereira, a vice-governadora Rose Modesto e o diretor-presidente da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), Enelvo Felini.

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que todos que quiserem têm o direito de pleitear a presidência do partido, mas que a legenda espera um consenso. “Existem vários nomes colocados. Rinaldo, Rose, Beto Pereira e Enelvo”, lembrou.

Apesar de diversos integrantes do PSDB terem manifestado interesse e colocado o nome à disposição para o cargo, o atual presidente do diretório estadual e secretário estadual de fazenda, Márcio Monteiro, disse que apenas os quatro nomes comunicaram o diretório. “De todos que querem participar, apenas Enelvo, Rinaldo, Rose e Beto vieram falar comigo. Vamos tentar chegar a um consenso”, destacou.

Enelvo afirma que colocou o nome à disposição por se considerar apto e acreditar na união do partido. “Assim como os outros colegas coloquei meu nome à disposição. Já fui vice-presidente estadual do PDT. Me considero pronto para conduzir o partido para as necessidades que vão surgir”, disse.

Rinaldo Modesto também acredita que o partido irá chegar a um nome de consenso para preparar a legenda para a reeleição de Reinaldo Azambuja. “O Azambuja vai para reeleição e vamos abrir para aliança com outros partidos à vaga de vice na chapa e uma das vagas ao Senado. A outra vaga vamos manter para alguém do PSDB”, disse.

O próximo presidente do PSDB terá o desafio de articular as alianças para a reeleição do govenador Reinaldo Azambuja e a manutenção das bancadas de deputados federais, estaduais e também a disputa ao senado.

Em 2011, a ex-senadora e conselheira do TCE, Marisa Serrano, passou a presidência estadual do partido para Reinaldo Azambuja, já com o plano de disputar o Governo do Estado. Sob o comando de Azambuja, o PSDB cortou a relação umbilical com o PMDB e levantou ‘voo’ solo disputando a prefeitura de Campo Grande em 2012. Sob o comando de Monteiro, o PSDB conseguiu chegar ao governo de Mato Grosso do Sul em 2014.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO