Menu
sábado, 08 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Política

Scaff é liberado após fiança e diz que não se trata de Lama Asfáltica ou Coffee Break

19 maio 2016 - 15h39Por Airton Raes e Kamila Alcântara

Detido durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira, 19 de maio, o procurador jurídico da Câmara Municipal de Campo Grande, André Scaff, foi solto por volta das 15h30 com o pagamento de fiança no valor de três salários mínimos. Scaff se recusou a falar com a imprensa, disse apenas que foi tratar na delegacia uma questão pessoal.

“Não tem nada haver com Lama Asfáltica ou Coffee break. Vim a delegacia para tratar de coisa pessoal”, disse André Scaff.

Policiais do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) compareceram nesta manhã na Câmara Municipal de Campo Grande e partiram levando um pacote da sala de André Scaff.

Enquanto a equipe do Gaeco recolhia alguns documentos na casa de Scaff, se deparou com 15 munições de calibre 38 na residência. Diante disso, ele foi preso em flagrante por posse ilegal de munição, já que é ilegal assim como se tivesse portando um revólver, ele não tem registro.

O delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Enilton Zalla, afirmou que o depoimento de Scaff durou 25 minutos. “Foram encontrados 16 munições na rua residência em que ele morou por 20 anos, na rua Patagônia, mas que se mudou há dois meses. Ele disse não ter conhecimento das munições”, disse o delegado.

Zalla disse ainda que, de acordo com o depoimento, que a investigação realmente não tem ligação com as principais que estão acontecendo em todo Estado. “Ele disse que a investigação é sobre contratos de imóveis feitos por ele, coisas pessoais dele. O André afirmou que já possuiu porte de arma, mas que hoje não tem mais”, concluiu.

Scaff foi secretário municipal de finanças durante a gestão do prefeito Gilmar Olarte, logo após que o prefeito Alcides Bernal foi cassado pela Câmara municipal de Campo Grande. A Operação Coffee Break do Gaeco levou a prisão de Olarte e do prefeito da Câmara na época, vereador Mário César. Scaff foi exonerado do cargo de secretário e retornou ao cargo de procurador da Câmara logo após o retorno de Bernal a prefeitura. 

*Matéria editada às 16h45 para acréscimo de informação 

Leia Também

Imaginação: sem amiguinhos da escola, festa de aniversário ganha convidados de vários reinos
Algo mais
Imaginação: sem amiguinhos da escola, festa de aniversário ganha convidados de vários reinos
Campeonato Paulista: Palmeiras ganha título do Corinthians nos pênaltis
Geral
Campeonato Paulista: Palmeiras ganha título do Corinthians nos pênaltis
Obras de recapeamento continuaram neste sábado na Capital
Cidade Morena
Obras de recapeamento continuaram neste sábado na Capital
Lembra deles? The Fevers celebram Dia dos Pais em live hoje
Geral
Lembra deles? The Fevers celebram Dia dos Pais em live hoje