Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
Política

Sete vereadores confirmam mudança de partido com abertura de janela partidária

O período permite migrar sem perder o mandato

09 fevereiro 2020 - 11h30Por Rayani Santa Cruz

A Câmara de Campo Grande pode ter baixas e certos partidos ficarem sem representantes. A janela partidária, que é um período de 30 dias onde o vereador pode migrar de sigla sem perder o mandato, será utilizada por, pelo menos, sete parlamentares.

Valdir Gomes (PP) decidiu há alguns meses sobre a saída do Progressistas e diz que escolherá entre o PSDB, partido do governador, ou o PSD, que é o partido do prefeito Marquinhos Trad. “Eu estou aguardando a janela, até porque também não vejo movimento do partido ainda para candidatos. Estou na janela e aguardando. Tenho vários convites e pessoas conversando comigo. Mas o que está mais próximo é o partido do governo e do prefeito”.

O tucano André Salineiro disse que provavelmente seguirá para o Democratas, mas a concretização da mudança deverá ser divulgada daqui 15 dias. “Possivelmente vou sair do PSDB, vou definir nos próximos dias, mesmo porque a janela partidária está aí”.

O sobrinho do prefeito, Otávio Trad (PTB), vai migrar para o partido dos tios: PSD. “No meu caso, irei migrar para o partido que tenha a mesma convicção do prefeito Marquinhos Trad. Pelo fato de acompanhar a gestão e ter a certeza de que o nome dele é o melhor para os quatro anos subsequentes”.

Na mesma linha, Willian Maksoud (PMN), primo de Otávio, também segue para o PSD. Odilon de Oliveira Júnior e Ademir Santana ainda não definiram o destino, após a saída do PDT, que ficará sem representantes na Câmara.

De oposição, Vinicius Siqueira (DEM) pode sair devido aos convites que vem recebendo. Ele não contou ainda qual será o partido de escolha, mas é sondado pelo PSL.

Janela Partidária

Do dia 5 de março ao dia 3 de abril, ocorre a janela partidária. No dia 4 de abril termina o prazo para aqueles que desejam concorrer a um cargo eletivo estarem filiados a um partido devidamente registrado no TSE.