Menu
quarta, 25 de novembro de 2020
Política

Siqueira entra na corrida e agora Capital tem onze pré-candidatos à Prefeitura

Entre os concorrentes de Marquinhos Trad estão 'novatos' e políticos de nome na cidade

22 maio 2020 - 15h10Por Rayani Santa Cruz

Mesmo com a pandemia do novo coronavírus o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está mantendo as datas de pré-campanha, campanha e eleições municipais. Em Campo Grande, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) tenta reeleição e tem mais onze concorrentes na disputa pela cadeira do Executivo.

O mais recente e anunciado ontem pelo deputado Loester Trutis (PSL), é o vereador Vinicius Siqueira, que entrou no partido no período de janela eleitoral, e agora quer sair do Legislativo. “Agradeço a indicação da pré-candidatura e fico extremamente feliz pelo reconhecimento do nosso trabalho”, disse o vereador nas redes sociais.

Siqueira sempre fez oposição a gestão Trad, tentou emplacar a CPI dos ônibus sem sucesso e agora tenta colher assinaturas de parlamentares para CPI das águas. Tudo indica que também não terá êxito na empreitada, porque vereadores alegam falta de um fato determinado.

Outro pré-candidato e crítico a gestão do atual prefeito é o ex-secretário de Obras Marcelo Miglioli, que em 2019 saiu do PSDB migrando para o Solidariedade, já em ritmo de pré-campanha.

O partido Progressistas aposta na pré-candidatura do ex-diretor da Santa Casa, Esacheu Nascimento. Ele vem trabalhando com lives diárias e uso de meios digitais comentando sobre Campo Grande.

O PT emplacou o deputado estadual Pedro Kemp como pré-candidato, mas em conversa com o parlamentar, ele disse que devido à pandemia, a pré-campanha está suspensa. “Nós entendemos que não é o momento e estamos preocupados com a população, que está sofrendo as conseqüências da pandemia. Estamos promovendo lives e debates em torno deste assunto no momento”.

Pelo MDB, partido de André Puccinelli, o deputado estadual Márcio Fernandes tenta a cadeira do Executivo. É a primeira vez que ele disputa o cargo em Campo Grande.

Aliança

O PSDB partido do governador Reinaldo Azambuja vem trabalhando com a ideia de lançar o vereador João Rocha a pré-candidato a vice-prefeito em coligação com o PSD de Marquinhos. A Aliança era esperada obviamente com uma contrapartida em 2022.

Partidos pequenos

Dos partidos pequenos, o advogado Marcelo Bluma do PV tenta mais uma vez a majoritária. 

Do Republicanos, Wilson Acosta também tenta a cadeira, assim como o Mário Fonseca do PC do B. “Vamos para a prefeitura e para a Câmara Municipal, decididos a transformar a cidade, revitalizando de verdade o centro e as áreas próximas, mas, acima de tudo, vitalizando os bairros desde sempre carentes de serviços públicos de qualidade e de infraestrutura”, afirmou Fonseca. 

Jovem e cheio de ideias está o empresário Guto Scarpanti, que passou por logo processo seletivo no partido Novo até ser escolhido como pré-candidato. “Acredito que o perfil do eleitor mudou. Antes as pessoas não se interessavam por política e mal sabiam para que servia um ministro, por exemplo. Agora, todos tem acesso e a internet mudou muito o cenário. Existe mais cobrança e as pessoas já começam a cobrar mais porque tem estão se conscientizando sobre as funções e a importância de cada cargo político”, diz Guto. 

Pelo Podemos, o empresário Sérgio Murilo também entra na empreitada. Ele ganhou eleições para presidência do Rádio Clube, e emplaca a pré-candidatura falando sobre gestão. “Como eu sou empresário, muito do meu trabalho é mostrado com resultados e com números”, disse.

Pelo Avante, está o procurador de Justiça, Sérgio Harfouche. “Sou pré-candidato e estou em um partido que vai dar autonomia para que possamos desenvolver planos de governo, em cima da nossa ideologia de direita e de apoio ao presidente Jair Bolsonaro”

Sem candidatos na majoritária

O PDT comandado pelo deputado federal Dagoberto Nogueira não terá candidato, assim como o PTB de Delcídio do Amaral, PSB de Ricardo Ayache e Democratas de Murilo Zauith e ex-ministro Luis Henrique Mandetta. O partido Rede também não confirma disputa pelo Executivo.

O DEM e o PSB já confirmaram apoio a reeleição de Marcos Trad. 

 

Leia Também

Não falha uma: acusada de racismo e homofobia em padaria é apoiadora de Bolsonaro
Geral
Não falha uma: acusada de racismo e homofobia em padaria é apoiadora de Bolsonaro
Coautora: fiscal do Carrefour é presa por envolvimento em espancamento e morte de cliente
Geral
Coautora: fiscal do Carrefour é presa por envolvimento em espancamento e morte de cliente
'Alegre e amava os pais', revela prima de chargista esquartejado por massagista
Cidade Morena
'Alegre e amava os pais', revela prima de chargista esquartejado por massagista
Mudou de casa? Sanesul dá dicas de como transferir titularidade para outra residência
Cidades
Mudou de casa? Sanesul dá dicas de como transferir titularidade para outra residência