(67) 99826-0686
Origem - entregas

Termina votação e começa apuração do segundo turno em Campo Grande

O resultado final deve sair por volta das 18h; TopMídiaNews transmite apuração em tempo real

30 OUT 2016
Diana Christie
17h01min
Foto: Geovanni Gomes/André de Abreu

Pontualmente às 17h, o período de votação foi encerrado e começa a apuração de votos do segundo turno em Campo Grande. Os boletins de resultados devem ser atualizados de dez em dez minutos, com resultado final previsto até às 18h. Você pode acompanhar a apuração em tempo real clicando aqui.

O eleitor que estava fora de seu domicílio eleitoral deve justificar a ausência. É necessária uma justificativa para cada turno em que o eleitor estiver ausente, ou seja, se faltou à votação no primeiro turno, deve fazer uma justificativa; se faltou ao segundo turno, outra justificativa.

Conforme o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral), a justificativa pode ser feita em até 60 dias após as eleições. Neste caso, o eleitor deve comparecer ao cartório eleitoral, levando consigo um documento que comprove o motivo de sua ausência.

Para preenchimento do formulário de justificativa no dia da eleição é indispensável o número do título de eleitor. O ausente pode preencher o formulário antecipadamente, mas só deve assiná-lo na hora da entrega, na presença do mesário.

Marquinhos Trad (PSD) e Rose Modesto (PSDB) disputam a preferência do eleitorado campo-grandense. No primeiro turno, o deputado estadual faturou 34,57% dos votos válidos, seguido pela tucana, que conquistou 26,62% dos eleitores. Em terceiro lugar, o atual prefeito, Alcides Bernal (PP), levou 26,01% dos votos.

Com 15 candidatos no início da disputa, Coronel David (PSC) somou 4,83% dos votos válidos, Marcelo Bluma (PV), 2,51%, e Alex do PT 1,99%. Athayde Nery (PPS) teve 0,93%, Aroldo Figueiró 0,76%, Pedro Pedrossian Filho (PMB) 0,57%, e Lauro Davi (PROS) 0,45%.

Na sequência apareceram Adalton Garcia (PRTB) com 0,38% e Suél Ferranti (PSTU) com 0,31%. Elizeu Amarilha (PSDC) somou 0,05% e José Arce (PCO) 0,04%. Rosana Santos (Psol) recebeu 2.351 votos, mas teve a candidatura indeferida pelo TRE-MS e o seu resultado dela somou-se aos nulos. Votos em branco alcançaram os índices de 3,66% e nulos, 7,49%. 

Veja também