Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
dengue
Política

Termo de cooperação é firmado entre Câmara e Defesa Civil de MS

O termo objetiva promover ações de enfrentamento a pandemia

19 maio 2020 - 10h32Por Rayani Santa Cruz

A Câmara Municipal de Campo Grande e a Secretaria de Estado de Governo, através da Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, firmaram, durante a sessão ordinária desta terça-feira (19), um Termo de Cooperação Mútua com o objetivo de promover ações de combate e enfretamento à pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Pelo Termo, a interlocução e gestão das atividades ficam sob a responsabilidade de, no mínimo, um representante de cada uma das partes, encarregados de coordenar as relações institucionais e a execução das atividades a serem desenvolvidas.

“Quando a gente fala em combate à pandemia, a Defesa Civil tem um papel muito importante, pois é ela quem vai no front de batalha. Qualquer evento que venha a somar forças, a integrar, a fazer com que possamos sair mais fortes, é extremamente importante”, discursou o vereador Delegado Wellington, que falou em nome da Câmara.

Para o presidente da Casa de Leis, Prof. João Rocha, o termo é mais um avanço no enfrentamento à pandemia. "Precisamos unir esforços neste momento. Agradeço ao Governo do Estado, em nome do Governador Reinaldo Azambuja, do secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, e do Tenente-Coronel Fabio Santos Coelho Catarineli, coordenador estadual da Defesa Civil, por esta ação conjunta, que vai facilitar o acesso à informação pela população", afirma.

Segundo o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, que também assinou o Termo, a interação entre os entes tem sido fundamental para a contenção do vírus em Campo Grande.

“Assim que a gente constrói o combate a qualquer problema que a gente tenha. Temos que parabenizar Campo Grande pelas atuações que têm tido frente ao Coronavírus. Houve interação e conversa entre os entes estaduais, municipais, entre Câmaras, e todos se abraçando em torno de um objetivo comum: proteger as pessoas e acabar com a crise econômica. Estamos juntos, com todas as instituições, que de alguma maneira podem contribuir para que a gente supere esse momento. Nós vamos virar essa página”, afirmou.