SEBRAE MAIO 2023 2

terça, 28 de maio de 2024

Busca

terça, 28 de maio de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Política

17/04/2024 21:40

Tribunal empossa Waldir Marques como desembargador

Marques ocupa a vaga deixada por Divoncir Schreiner Maran, que se aposentou no início deste mês

O juiz substituto, Waldir Marques, tomou posse, nesta quarta-feira (17), ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Marques vai ocupar a vaga deixada por Divoncir Schreiner Maran, que se aposentou no início deste mês. 

A posse administrativa ocorreu no gabinete da Presidência do Tribunal, reunindo desembargadores, juízes e familiares. A promoção do novo desembargador foi votada na sessão do Tribunal Pleno desta quarta-feira. O magistrado foi promovido, por unanimidade, para o cargo de desembargador, pelo critério de antiguidade. 

Dando boas-vindas ao novo integrante, o presidente do Tribunal, Des. Sérgio Fernandes Martins, ressaltou o jeito simples e respeitoso do novo colega desembargador capaz de cativar a todos com quem trabalha. 

“O que a magistratura precisa é disso, de magistrados que tem essa facilidade de convivência, de trabalhar com outros setores importantes para a estrutura do judiciário, de receber as partes, que, enfim, tenha bom senso e saiba utilizar sua vivência e experiência adquirida ao longo da vida profissional para poder distribuir a justiça no segundo grau com muita sabedoria”.

O recém-empossado desembargador Waldir Marques já atua há seis anos no Tribunal de Justiça, mas o dia de hoje é um marco histórico em seus 35 anos de atuação na magistratura. “Sempre trabalhei com afinco e honrei a toga. É uma alegria muito grande e um dia de agradecimento à família, amigos e todos aqueles que contribuíram de alguma forma para eu ter chegado à magistratura e permanecido até assumir o mais alto degrau da carreira, o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul”.

Sobre seu perfil profissional, o Des. Waldir Marques afirma que procura ser bastante sensato em suas decisões. “O Direito é bom senso. Então procuro adotar o bom senso em minhas decisões, sempre cumprindo a Constituição e as leis. E é por este caminho que já vinha proferindo minhas decisões aqui no Tribunal e seguirei nele”.

Estiverem presentes na posse administrativa os desembargadores Alexandre Lima Raslan, Jaceguara Dantas da Silva, Jairo Roberto de Quadros, José Ale Ahmad Netto, Lúcio Raimundo da Silveira, Luiz Antonio Cavassa de Almeida, Luiz Gonzaga Mendes Marques, Luiz Tadeu Barbosa Silva, Marcos José de Brito Rodrigues, Sideni Soncini Pimentel, e os juízes auxiliares da Presidência Cesar Castilho Marques e Mário José Esbalqueiro Júnior.

Waldir Marques é natural de Guararapes (SP) e ingressou na magistratura estadual em 1989, na 4ª circunscrição. Em agosto do ano seguinte, foi promovido para a Comarca de Inocência. Em outubro de 1993, foi removido para a Comarca de Glória de Dourados e, em março de 1995, foi promovido para Costa Rica, onde atuou como Diretor do Foro da Comarca.

Em novembro de 1998 foi novamente removido para Fátima do Sul, atuando na Turma Recursal de Dourados. Após nova remoção, em novembro de 2001, passou a judicar em Aparecida do Taboado e, na semana seguinte foi promovido para Dourados.

Em dezembro de 2017 foi removido para Campo Grande e assumiu a 3ª Vara dos Juizados Especiais. Em janeiro de 2018 foi designado para atuar no Tribunal de Justiça e substituiu o Des. Francisco Gerardo de Sousa até sua aposentadoria.

Nova designação o manteve no Tribunal de Justiça até janeiro de 2019, quando assumiu o cargo de juiz de direito substituto em 2º grau. É membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral desde dezembro de 2023.

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
JARDIM VERANEIO MAIO E JUNHO DE 2024