(67) 99826-0686

Vereadores retomarão julgamento de Bernal após recesso

Comissão Processante

3 JAN 2014
Lucas Arruda
11h38min
Foto: Geovanni Gomes

Apesar de não ter dado certo na primeira tentativa, os vereadores ainda pretendem retomar o julgamento de cassação do prefeito Alcides Bernal. No momento ainda não é possível ter a sessão, pois os vereadores estão de recesso e uma boa parte está viajando.

"Nós temos que nos reunir primeiro, nos aglutinar. Só depois poderemos dar continuidade a este ato jurídico", afirma o vereador Edil Albuquerque, presidente da Comissão Processante.

Mesmo com a saída do desembargador João Batista da Costa Marques, que estava de plantão no dia do julgamento (26 de dezembro) e o terminou na terça-feira (31), que indeferiu o julgamento de cassação, a comissão aguardará a volta dos parlamentares.

Com a demora da retomada do julgamento, Bernal realiza articulações para não ser cassado, trocando secretarias com os vereadores e afirma que pretende fazer um governo de coalizão. O prefeito já conseguiu mais três vereadores para sua base aliada na Câmara Municipal, que agora já possui nove vereadores.

Para não ser cassado o vereador precisa de pelo menos 1/3 da Câmara, ou seja dez vereadores, seja contra sua cassação.

Veja também