TJMS - novembro
Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
Repórter Top

Repórter Top: idosos sofrem com falta de cobertura em ponto de ônibus no Cabreúva

O ponto fica próximo da Casa da Saúde

19 outubro 2019 - 09h30Por Dany Nascimento

A professora Maíla Aguiar Santos, 46 anos, ficou revoltada após presenciar um grupo de idosos aguardando o ônibus em uma parada sem cobertura próximo da Casa da Saúde, no bairro Cabreúva, em Campo Grande. Ela afirma que conversou com os idosos, que estavam na garoa.

“Aquela cena me doeu o coração, todos ali tinham mais de 65 anos e estavam na chuva esperando o ônibus. Eles foram até a Casa da Saúde para pegar remédio e enfrentam aquilo ali com frequência, quando não é com chuva, é com sol e ficam em pé aguardando. Um rapaz que vende salgado perto disse que só passa ônibus de 40 em 40 minutos, então imagina um idoso esse tempo todo na chuva, em pé, aguardando”, diz a professora.

Maíla afirma que uma das idosas contou que estava esperando há mais de 25 minutos. “Ela disse que estava ali aguardando o ônibus. É uma cena que corta o coração. Eu fui lá era bem cedo, 8 horas, imagina como não fica durante o dia o ponto de ônibus?”.

Ela destaca que a prefeitura deve tomar providências o mais rápido possível e conceder mais qualidade de vida para os idosos. “Eu sei que tudo depende de um processo, não é simples, mas fazendo como eu fiz, tirando foto, eu consigo levar a necessidade até a prefeitura, que deve tomar providências. A cena corta o coração”.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura, que até o fechamento desta matéria, não encaminhou nenhuma resposta.