Menu
domingo, 20 de setembro de 2020
Saúde

Atendimentos na Clínica da Família do Nova Lima cresceram 52% em quatro meses

A eficiência na assistência, consequentemente, revela um aumento no número de atendimentos

25 fevereiro 2019 - 11h39Por Da redação / PMCG

Inaugurada em agosto do ano passado, a primeira  Clínica da Famílía de Campo Grande, no Bairro Nova Lima, é considerada um divisor de águas para a saúde pública do Município, em especial para a Atenção Primária, sendo considerada referência e modelo de excelência pela Organização Panamericana de Saúde (OPAS), braço da Organização Mundial de Saúde (OMS).

A eficiência na assistência, consequentemente, revela um aumento no número de atendimentos, com maior resolutividade, o que significa que uma quantidade menor de paciente precisou ser encaminhado para uma outra unidade. Este resultado positivo é consagrado em números, quando comparado o período anterior e posterior à implantação.

Segundo dados da Coordenadoria de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), a partir da certificação da unidade, houve um aumento significativo nos atendimentos médicos, de enfermagem, na dispensação de medicamentos na farmácia da unidade e de outros serviços ofertados.

Para comprovar os resultados positivos, a Sesau adotou como parâmetro de comparação os meses de março a junho (período que antecedeu a efetivação da certificação) e de setembro a dezembro (meses posteriores a implantação). De julho até o final de agosto, a unidade passou pelo processo de adequação denominado “projeto piloto”, que foi a preparação da equipe para o novo modelo de acolhimento.

Quando analisado a quantidade total de atendimentos, o aumento foi de 52%, passando de 12.687 para 19.292. Este aumento também é perceptível nas consultas médicas, que cresceram 30%, saltando de 3573 procedimentos, entre março e junho, para 4623, entre setembro de dezembro.

Nas consultas com os profissionais enfermeiro, que consiste em identificar problemas de saúde, prescrever e implementar medidas com o objetivo de promoção, proteção, recuperação ou reabilitação do paciente, o salto foi exponencial: aumento de 490 %, passando de 755 para 4459 atendimentos.

As consultas de enfermagem são importantes, pois fortalecem o vínculo do paciente com a equipe da Clínica da Família, bem com os atendimentos prestados pelo os outros profissionais. O diferencial, neste caso, é que o enfermeiro orienta o paciente sobre os cuidados que este precisa adotar durando o dia-a-dia para ter uma melhora na qualidade de vida.

Nos procedimentos odontológicos, o aumento foi de 599 atendimentos, representando 58%, quando era 1034 e atingiu 1633. Na sala de vacina, foram atendidos 3.066 pacientes entre setembro e dezembro, ante os 1726 atendidos entre março e junho, representando um crescimento de 77%.

A unidade abrange os bairros Campo Verde e Nova Lima, totalizando mais de 10 mil pessoas na área de cobertura, possuindo três equipes de Saúde da Família, composta na totalidade por 47 profissionais nas seguintes categorias: 3 médicos, 3 enfermeiros, 3 odontólogos, 1 farmacêutico, 1 assistente social, 1 gerente, 3 auxiliares em saúde bucal, 6 técnicos de enfermagem, 4 assistentes administrativos, 17 agentes comunitários de saúde e 5 agentes de saúde pública.

Leia Também

Chove ou não chove? Previsão aponta que hoje tem em MS!
Cidades
Chove ou não chove? Previsão aponta que hoje tem em MS!
Depois de anos, fome chega com mais intensidade em MS
Cidades
Depois de anos, fome chega com mais intensidade em MS
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Polícia
Prefeito em MS ameaça dar tiro em bolsonaristas
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande
Cidade Morena
Chuva pode dar as caras já neste sábado e no domingo em Campo Grande