Prof Rinaldo
(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

Cantor está hospitalizado há dez dias com ereção permanente e desabafa: 'só choro'

Rapaz tomou o medicamento antes de ir à uma festa e o 'amigão' ficou animado desde então

12 AGO 2019
Da redação/Meia Hora
10h38min
Foto: Reprodução/Instagram

O cantor e compositor Danny Polaris está hospitalizado há duas semanas, em Berlim, na Alemanha, com ereção permanente após receber uma injeção para disfunção sexual diretamente no pênis. Em entrevista ao site 'Pink News', ele explicou como tudo aconteceu.

"Estava em uma festa em uma boate, mas tomei um viagra antes de ir. No clube, eu conheci um enfermeiro, com quem fui para casa, que acabou injetando um potenciador de ereção no meu pênis. Eu pensei, por que não, o que poderia dar errado?", contou o rapaz.

De acordo com Danny, essa foi uma das piores decisões da sua vida. No dia seguinte, ele notou que ainda tinha uma ereção e decidiu marcar presença na Parada LGBTQ+ de Berlim "com um recipiente térmico de vinho do meu colega de apartamento em volta do meu pênis, dentro do meu short".

Mas um dia depois, quando a ereção ainda não havia diminuído, Polaris foi levado ao médico em uma ambulância com dores fortíssimas no pênis. Lá, o cantor foi diagnosticado com um quadro severo de priapismo, que é uma ereção dolorosa de longa duração que pode causar danos permanentes ao pênis.

"Não sei se vou transar de novo. Ainda tenho um pouco de ereção dez dias depois. Alguns dias eu acordo e só choro e penso o quão estúpido eu fui", lamentou o cantor. Apesar do desabafo de Danny, o quadro está evoluindo e ele deve receber alta nos próximos dias. Para ajudar a pagar a conta da internação, amigos do cantor abriram uma conta no site GoFundMe, de financiamento coletivo.

Veja também