(67) 99826-0686

Homem tem pênis amputado após ereção que durou dois dias

O sangue da região foi drenado, mas ele teve que retornar à instituição depois que o órgão genital passou a apresentar coloração preta

4 MAI 2019
Da redação/Rondônia ao Vivo
15h30min
Foto: Reprodução/Rondônia ao Vivo

Na Índia, um homem de 52 anos teve parte do pênis amputado após ter uma ereção que durou dois dias. A situação levou o sujeito a procurar um hospital. O sangue da região foi drenado, mas ele teve que retornar à instituição depois que o órgão genital passou a apresentar coloração preta. Segundo pesquisadores do King George’s Medical University, os responsáveis pelo atendimento podem ter deixado um cateter no pênis, o que provocou a morte de tecidos importantes.

O homem teve suas funções urinárias regularizadas três semanas após a cirurgia de amputação. Ainda não se sabe o que causou a ereção do paciente. Mas o diagnóstico apontou priapismo, um tipo de ereção involuntária e dolorida que costuma se prolongar por várias horas. Pode acometer homens sob medicação para disfunção erétil ou portadores de doenças falciformes.

Veja também