Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Saúde

Mais de 6 milhões de testes comprados pelo governo podem ir para o lixo

Pais irá descartar mais exames do que já foi utilizado em testes

22 novembro 2020 - 12h26Por Willian Leite

Reportagem do Estadão mostra que 6,86 milhões de testes para Covid-19 comprados pelo Ministério da Saúde perderão a validade entre dezembro e janeiro.

Segundo o site O Antagonista, os testes RT-PCR — que identificam se a pessoa está infectada pelo vírus — estão estocados num armazém em Guarulhos e ainda não foram distribuídos para a rede pública.

“Para se ter ideia, o SUS aplicou cinco milhões de testes deste tipo.

Ou seja, o país pode acabar descartando mais exames do que já realizou até agora. Ao todo, a Saúde investiu R$ 764,5 milhões em testes e as unidades para vencer custaram R$ 290 milhões – o lote encalhado tem validade de oito meses.”
 

Leia Também

Polícia fecha bar usado para tráfico de cocaína no Santa Luzia
Polícia
Polícia fecha bar usado para tráfico de cocaína no Santa Luzia
Chamados de macacos: após ataques, secretário ressalta capacitação da Guarda Civil
Polícia
Chamados de macacos: após ataques, secretário ressalta capacitação da Guarda Civil
Deputado faz alerta sobre 2ª onda da Covid-19 em MS
Política
Deputado faz alerta sobre 2ª onda da Covid-19 em MS
Trabalhador é esmagado por caminhão e morre na hora
Cidade Morena
Trabalhador é esmagado por caminhão e morre na hora