Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Saúde

Mais de duas doses de álcool por dia aceleram perda de memória

Estudo

17 janeiro 2014 - 08h17Por Redação

Os homens de meia-idade que consomem mais de duas doses de bebida alcoólica por dia podem acelerar a perda de memória em até seis anos, revela um estudo publicado nesta semana.

Não houve, porém, diferenças em perda de memória ou funções mentais entre os que não tomam e os que tomam menos de duas doses, ou 20 gramas, por dia, de acordo com as descobertas divulgadas na revista Neurology.

Para o estudo, mais de cinco mil homens de meia-idade foram entrevistados sobre seus hábitos de consumo alcoólico, em três ocasiões durante um intervalo de dez anos. Também foram submetidos a testes cognitivos e de memória em uma idade média de 56 anos. Esses testes foram repetidos duas vezes nos dez anos seguintes.

"Nosso estudo enfoca em participantes de meia-idade e sugere que beber em quantidade está associado a uma queda mais rápida de todas as áreas da função cognitiva nos homens", disse a autora do estudo, Severine Sabia, da University College London.

As habilidades mentais dos grandes bebedores declinaram entre um ano e meio e seis anos mais rápido do que naqueles que ingeriram menos álcool por dia. Os homens que beberam 36 gramas de álcool, ou mais, por dia tiveram quedas mais acentuadas em sua memória e funções cerebrais.

Cerca de duas mil mulheres também foram incluídas no estudo, mas não houve entre elas uma amostra significativa de bebedoras.

Leia Também

Ensinando a pedir votos, conselheira chama eleitores da periferia de ‘c* sujo' e 'pé de toddy’
Política
Ensinando a pedir votos, conselheira chama eleitores da periferia de ‘c* sujo' e 'pé de toddy’
Criminosos paraguaios fogem de polícia e abandonam vaca viva em porta-malas
Geral
Criminosos paraguaios fogem de polícia e abandonam vaca viva em porta-malas
Eletricista que deixou 10 bairros sem internet é preso furtando cabos
Polícia
Eletricista que deixou 10 bairros sem internet é preso furtando cabos
Empresário é preso por estuprar neta durante 8 anos; polícia investiga mais crimes
Geral
Empresário é preso por estuprar neta durante 8 anos; polícia investiga mais crimes