Menu
sexta, 30 de julho de 2021
Saúde

Saúde descarta dengue em morte de menino de 5 anos na Capital

Segundo a secretaria, as causas da morte do garoto seguem sendo investigadas

01 março 2019 - 09h26Por Anna Gomes

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) descarta a possibilidade de Sidney Reis Nantes, 5 anos, ter morrido por dengue hemorrágica. Segundo o órgão público as causas da morte do garoto ainda seguem sendo investigadas.

Ainda de acordo com a SES, o exame de biologia molecular, PCR, deu negativo para dengue. Sidney morreu na segunda-feira (25), depois de sofrer mais de 10 paradas cardíacas.

Na última semana, o secretário municipal de saúde, Marcelo Vilela, comentou sobre o assunto e destacou também que, como existem dois tipos da doença, ou seja, acaba que o público mais vulnerável à dengue hemorrágica esteja abaixo de dez anos e também idosos.

Vilela pontuou que a morte de um idoso, com suspeita de dengue, também está sendo investigada desde janeiro.

A Sesau informou ainda que, desde janeiro, foram expedidos protocolos com a intenção de monitorar os atendimentos para casos de dengue, zika e chikungunya, além da capacitação de profissionais.