ENTREGAS
(67) 99826-0686
Prestação de contas 17/04 a 26/04/2019

Campo Grande recebe Open de Vôlei de Praia com participação de dupla campeã olímpica

Uma grande estrutura será montada no Parque das Nações Indígenas

14 SET 2016
Fundesporte
11h51min
Foto: Fundesporte

A dupla de jogadores de vôlei de praia, Alison e Bruno Schmidt, campeã olímpica no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas 2016, confirmou participação na etapa Campo Grande do Open de vôlei de praia. O público poderá ver a dupla em ação nas areias do Parque das Nações Indígenas, a partir do dia 23 de setembro.

Prata da casa e participantes de três jogos olímpicos, a aquidauanense Talita também estará no open ao lado da parceira Larissa. Assim como a  outra dupla masculina que representou o Brasil na Rio 2016, Evandro e Pedro Solberg. Apenas as medalhistas de prata Ágata e Bárbara não participam porque desfizeram a dupla e estão em fase de formação de novas parcerias.

A etapa Campo Grande é a primeira pós jogos olímpicos. As principais duplas brasileiras brigam pelo título que vale pontos no ranking. A cidade morena será a capital brasileira do vôlei de praia durante uma semana. Entre os dias 20 e 22, sedia a etapa do circuito Banco do Brasil de vôlei de praia que reúne duplas do país inteiro. A partir de 23 de Setembro, recebe as melhores parcerias do Brasil para o Open. As semifinais estão marcadas para a noite de sábado (24) e as finais para a manhã de domingo (25).

Uma grande estrutura será montada no Parque das Nações Indígenas, incluindo uma arena para mais de 1.500 pessoas com entrada franca e distribuição de brindes.

São parceiros na realização do evento: Confederação Brasileira de Voleibol, Federação de Voleibol de Mato Grosso do Sul, Banco do Brasil e Governo do Estado, por meio da Fundesporte.

“Estamos preparando uma grande festa para o público sul-mato-grossense que estava carente de grandes eventos esportivos. Este é apenas um dos muitos que pretendemos trazer para Mato Grosso do Sul. Vamos trabalhar para incluir o Estado no circuito nacional dos grandes eventos esportivos”, disse o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda.

Veja também